nsc
    dc

    Xadrez

    Mestre internacional Guillermo Vazquez e Mestre Fide Juliana Terao vencem o Floripa Chess Open 2020

    A sexta edição do evento reuniu 380 enxadristas em Florianópolis

    30/01/2020 - 09h20

    Compartilhe

    Marina
    Por Marina Martini Lopes
    O campeão da edição 2020 foi o Mestre Internacional do Paraguai Guillermo Vazquez
    O campeão da edição 2020 foi o Mestre Internacional do Paraguai Guillermo Vazquez
    (Foto: )

    A "Disneyland" do xadrez brasileiro. Assim ficou conhecida a sexta edição do Floripa Chess Open 2020, que reuniu 380 enxadristas no evento principal e trouxe ainda outros cinco eventos paralelos. Ao final do Open, o campeão da edição 2020 foi o Mestre Internacional do Paraguai Guillermo Vazquez, e a campeã feminina foi a Mestre FIDE Juliana Sayumi Terao, que já havia vencido a categoria feminina em 2018.

    O já tradicional Floripa Chess Open começou no dia 18 de janeiro e seguiu até o último domingo (26), com a presença de inscritos de 11 países: Argentina, Bolívia, Brasil, Cuba, Espanha, Alemanha, Irlanda, Paraguai, Síria, Uruguai e Estados Unidos; além de representantes de 25 estados do Brasil. Participaram do evento 10 Grande Mestres (GMs), seis Mestres Internacionais (IMs), 25 Mestres Fides (FMs), 42 Mestres Nacionais (NMs), 12 Candidatos à Mestre (CMs), duas Mestres Internacionais Feminina (WIMs) e uma Mestre FIDE Feminina (WFM). A premiação geral do evento foi de R$ 33 mil, divididos em várias categorias. A categoria feminina contou com um prêmio inédito de R$ 6,7 mil distribuídos da campeã até a décima colocada.

    Invicto no torneio, com oito pontos em dez partidas, Vazquez também conquistou a primeira norma de Grande Mestre (GM), mais 14 pontos de rating FIDE e R$ 4 mil pelo primeiro lugar. Juliana Terao, que também é hexacampeã brasileira feminina de xadrez, somou 6,5 pontos em 10 rodadas e recebeu a premiação de mil reais. A enxadrista somou 22 pontos de rating FIDE e garantiu a posição número 1 no ranking de melhor jogadora feminina do Brasil.

    Durante a realização do torneio, dois jogadores atingiram o live rating de 2300 e conquistaram o direito de solicitar o título de Mestre FIDE (FM): o paulista Fernando da Costa Viana, ainda na nona rodada, após vencer o paraguaio Juan Heinechen; e o Mestre Nacional Ryan Wesley da Costa Caetano, da AECRI Criciúma, na décima rodada, após empatar com o Mestre Internacional (IM) Lucas Coro, da Argentina.

    A premiação geral do evento foi de R$ 33 mil, divididos em várias categorias
    A premiação geral do evento foi de R$ 33 mil, divididos em várias categorias
    (Foto: )

    Antes mesmo do torneio aberto principal, foram realizados importantes eventos inéditos: Floripa School Open, Floripa Blitz Satellite, Floripa Team Open e um Curso de Organização e Arbitragem de Xadrez. Também foi realizada simultânea com o GM Alexei Shirov, que enfrentou 26 jogadores e venceu 25 partidas. O único empate foi com o Mestre Nacional (MN) Rafael Cabral, do Recife, após quatro horas de simultânea.

    Na tarde da quarta-feira (22), 186 enxadristas disputaram a 5ª edição do Floripa Super Blitz 2020. O torneio ocorreu em 11 rodadas e premiou como campeão o GM Paraguaio Neuris Delgado Ramirez que somou 9,5 em 11 rodadas. A campeã feminina do evento foi Karina Daniela Kanzler Ferreira, que já havia vencido o evento em 2018. O Floripa Super Blitz foi válido para movimentação de rating FIDE Blitz e distribuiu R$ 3 mil em prêmios além dos destaques nas categorias.

    A edição de 2021 já começou a ser planejada, e o folder do evento, com inscrições promocionais, será lançado no mês de julho.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas