nsc
Ouça ao vivo

publicidade

Exonerados

Ministros do governo Bolsonaro voltam à Câmara para votar na reforma da Previdência

Onyx Lorenzoni e Marcelo Álvaro Antônio deixaram os cargos temporariamente; Tereza Cristina deve seguir o mesmo caminho 

09/07/2019 - 09h05

Compartilhe

Por Redação CBN Diário
Onyx Lorenzoni (DEM), quando estava na Câmara dos Deputados
Onyx Lorenzoni (DEM), quando estava na Câmara dos Deputados
(Foto: )

Os ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), e do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG), foram exonerados dos seus cargos temporariamente para reassumirem os mandatos como deputados federais. As exonerações já foram publicadas no Diário Oficial da União. Assim, eles voltam para a Câmara e poderão apoiar o governo na aprovação da proposta sobre a reforma da Previdência, que dever começar a ser discutida na Casa nesta terça-feira (9).

Outros dois parlamentares que comandam ministérios do governo Bolsonaro são Tereza Cristina (DEM-MS), da Agricultura, e Osmar Terra (MDB-RS), da pasta da Cidadania. Cristina está em viagem ao Paraguai e deve ser exonerada quando retornar ao Brasil, ainda nesta terça-feira. Já o suplente do emedebista no Congresso é o deputado Darcísio Perondi (MDB-RS), que é favorável à reforma. Neste caso, não haveria a necessidade do ministro deixar o cargo.

Segundo Lorenzoni, o governo tem 330 votos favoráveis à reforma da Previdência. Para ser aprovada, pelo menos 308 deputados precisam dizer "sim" à proposta em dois turnos para então seguir ao Senado. Nesta segunda-feira (8), ele se reuniu com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para tratar sobre os últimos detalhes sobre a pauta, antes dela chegar no plenário da Casa.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Política

publicidade

Colunistas

    publicidade

    publicidade

    publicidade