nsc
an

Tragédia

Modelo discutiu com o namorado antes de cair de prédio no Chile, dizem amigas

Família de Nayara Vit, que mora em Porto União, suspeita que ela tenha sido vítima de feminicídio

14/07/2021 - 06h00

Compartilhe

Por Luana Amorim
Nayara estava em casa com o namorado e a filha quando caiu do 12º andar de um prédio
Nayara estava em casa com o namorado e a filha quando caiu do 12º andar de um prédio
(Foto: )

A modelo Nayara Vit, de 33 anos, brigou com o namorado no dia em que caiu do 12º andar de um prédio em Santiago, capital do Chile, segundo jornais locais. O relato também foi confirmado por amigas dela. As informações são do jornal O Globo. Os pais da brasileira moram em Porto União, no Planalto Norte de Santa Catarina. 

> Receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Segundo a imprensa chilena, na noite em que Nayara morreu - 8 de julho - ela esteve com o namorado, Rodrigo Del Valle Mijac, em um restaurante. Dentro do estabalecimento, os dois tiveram uma discussão, de acordo com os relatos. 

Além disso, conforme apurado pelo jornal El Dínamo, o desentendimento teria continuado no apartamento em que o casal vivia. Vizinhos relataram que, naquele dia, primeiro caiu um grande vaso de flores e, em seguida, ocorreu a queda de Nayara. 

Uma prima de brasileira confirma a versão. Em entrevisa a outro jornal, o La Tercera, amigas próximas da modelo confirmaram que o casal teve uma briga no restaurante. 

Outra contradição está nos depoimentos prestados pela babá e o namorado da modelo à polícia. Mijac disse que estava sentado na sala quando Nayara passou correndo e se jogou da sacada. Já a babá, que estava no quarto com a filha de 4 anos da brasileira, disse que escutou um vaso caindo, um grito da mulher e em seguida o barulho da queda. 

A família da modelo, inclusive, contratou um advogado em Santiago para acompanhar as investigações, que continuam sendo conduzidas pela polícia chilena. Eles acreditam que Nayara tenha sido vítima de feminicídio. 

> Medo de feminicídio leva 36 mulheres a pedirem medidas protetivas diariamente em SC

Relembre o caso 

O caso ocorreu na madrugada do dia 8 de julho. Nayara tinha 33 anos, morava há 16 no Chile e era considerada uma celebridade em Santiago, a capital. Ela estava em casa, com a filha de 4 anos, o namorado e uma babá quando ocorreu a queda.

Segundo o irmão, Guilherme Vit, ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. A família descarta a hipótese de suicídio e suspeita de feminicídio, com um possível envolvimento do namorado da modelo.

— A Nayara não tinha nenhum histórico de depressão e zero indícios que cometeria qualquer ato desse — disse o irmão ao G1.

A família da modelo é natural de Cuiabá, mas os pais moram em Santa Catarina. Nas redes sociais, a mãe postou uma homenagem à filha. 

"Ela era completa, viveu tudo de bom e de ruim com muita velocidade. [...] Saudade do que não vivemos, saudade do que poderíamos ter feito", diz a nota publicada pela mãe, Eliane Marcos.

O corpo de Nayara foi sepultado nesta terça-feira (13) na capital chilena. 

Leia também: 

Agente da PRF morre aos 46 anos de Covid-19, após um mês hospitalizado em SC

Criança cai de 6 metros de altura em tirolesa dentro de hotel fazenda em Pomerode

Filhotes de cachorro presos em tubulação são resgatados em Araquari

Colunistas