nsc
    an

    "Luz na Infância"

    Morador de Joinville é um dos detidos na operação contra pornografia infantil em SC 

    Outros dois mandados de busca e apreensão também foram cumpridos na cidade 

    18/02/2020 - 16h59 - Atualizada em: 19/02/2020 - 08h04

    Compartilhe

    Patrícia
    Por Patrícia Della Justina
    Homem era morador da zona Norte da cidade
    Homem era morador da zona Norte da cidade
    (Foto: )

    Um morador da zona Norte de Joinville, de 40 anos, foi preso na tarde desta terça-feira (18) durante a operação “Luz na Infância”, coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MSP) em todo o país.

    Conforme a delegada responsável pela Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (Dpcami) de Joinville, Georgia Bastos; outros dois mandados de busca e apreensão também foram cumpridos na cidade: um no Centro e outro na zona Sul.

    Conforme Georgia, o morador da zona Norte foi preso em flagrante. A polícia, em conjunto com peritos do Instituto Geral de Perícias (IGP), identificou o arquivamento e compartilhamento de imagens relacionadas à pornografia infanto-juvenil nos aparelhos eletrônicos do investigado.

    A condição de compartilhamento das imagens, conforme prevê o artigo 241 A do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), converte a pena em inafiançável. Por esse motivo, ele será encaminhado à audiência de custódia.

    — Ele não possuía nenhuma passagem criminal. Era, aparentemente, um cidadão comum, pagador de seus impostos – reforça a delegada.

    Já nos outros dois casos, os aparelhos eletrônicos foram apreendidos para apuração da perícia. Além disso, segundo Georgia, um deles é idoso.

    — Esse investigado é morador do Centro de Joinville e já tinha registros de assédio a adolescente num shopping da cidade – destaca.

    Ainda conforme ela, nenhum deles possuía relação entre si.

    Operação deflagrada em cinco países

    Deflagrada nesta terça-feira (18) em todo o país, a 6ª fase da Operação "Luz na Infância" expediu 112 mandados de busca e apreensão em 12 estados de todo o país, além de outros quatro países: Colômbia, Estados Unidos, Paraguaia e Panamá. Em Santa Catarina a operação ocorreu em nove cidades.

    Em coletiva de imprensa às 10h desta terça, a Polícia Civil confirmou nove prisões em flagrante: duas em Florianópolis, duas em Criciúma, uma em Blumenau, uma em Balneário Camboriú, uma em Itajaí, uma em Joinville e uma em Lages. Nos outros sete casos a polícia apreendeu computadores, HDs, pendrives, celulares e tablets, que vão passar por perícia e, caso algo seja encontrado, mandados de prisão também pode ser expedidos.

    As nove prisões em flagrante ocorreram porque durante a abordagem os policiais localizaram indícios dos crimes cometidos, principalmente de armazenamento de conteúdo pornográfico infanto-juvenil.

    Leia as últimas notícias de Joinville e região.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas