Um escorpião-amarelo, considerado o mais venenoso da América do Sul, surgiu em uma calçada de Blumenau e assustou uma moradora, que fez fotos da aparição incomum. O caso aconteceu no começo da tarde desta terça-feira (20) e não houve acidentes.

Continua depois da publicidade

> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

Josiane Fortunato caminhava pela Rua Jequié, no bairro Itoupava Seca, quando observou a movimentação no chão. Ela conta que primeiro pensou se tratar de uma aranha, mas ao se aproximar notou o escorpião. O Santa pediu a um biólogo especialista em invertebrados analisar as fotos feitas pela moradora. Ele confirmou ser um Tityus serrulatus.

Estudos mostram que o gênero Tityus é o mais numeroso em relação às espécies. Uma delas, a serrulatus, é descrita pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) como a mais venenosa da América do Sul, causadora de acidentes graves, principalmente no estado de Minas Gerais.

Apesar de serem “mineiros”, esses escorpiões foram se espalhando para outras regiões do Brasil, exceto a Norte. Eles são responsáveis pela maioria dos acidentes graves e óbitos no país, segundo artigo publicado neste ano. Há, inclusive, campanhas para reduzir a população deles nas áreas urbanas.

Continua depois da publicidade

Escondidos em escombros, os escorpiões “invadem” as áreas urbanas em dias quentes, já que são regulados pela temperatura, e em épocas reprodutivas, por exemplo.

O que fazer ao ver um escorpião?

De acordo com o capitão dos bombeiros militares de Blumenau, Fillipi Pamplona, o escorpião só ataca ao se sentir ameaçado. Por isso, o melhor é manter distância ou, com o uso de algum objeto, como uma vassoura, varrê-lo para uma região de mata.

Os bombeiros só devem ser acionados se houver risco para as pessoas, como dentro de casa ou em lugares cheios de crianças, que são as que correm mais risco em caso de picada.

— Se for perto de uma escola ou local onde haja muitas crianças brincando, é possível que a Central encaminhe [uma equipe] para fazer a captura, se tivermos viaturas disponíveis — explica.

Continua depois da publicidade

A Polícia Militar Ambiental de Blumenau não atende esse tipo de ocorrência.

Leia mais

SC já registra mais escorpiões achados em 2021 do que em todo 2020; veja como se proteger

Blumob pede revisão que pode impactar preço do ônibus em Blumenau

Destaques do NSC Total