Uma mulher foi presa em flagrante nessa quinta-feira (18) por maus-tratos contra cães no bairro Serraria, em São José. Segundo a Delegacia de Proteção a Animais Domésticos da Polícia Civil, os crimes foram cometidos contra oito cachorros das raças buldogue francês e spitz alemão (Lulu da Pomerânia).

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

Segundo as denúncias, diversos cães eram confinados em péssimas condições de higiene e de espaço, visando a reprodução irregular dos animais. Durante a fiscalização no local, a polícia confirmou as condições inaceitáveis em que se encontravam os cães.

Os cachorros estavam em ambiente insalubre, sem acesso à água, alimentação e descanso adequado, além de estarem confinados em espaço muito pequeno para a quantidade de animais. Por isso, a responsável foi presa em flagrante pelo crime de maus-tratos qualificado.

Os cães foram resgatados e encaminhados para a clínica veterinária conveniada com a Prefeitura de São José. O município informou que tem um abrigo próprio para animais resgatados, mas como a procura por adoção é muito baixa, todos os canis estão ocupados.

Continua depois da publicidade

Então, estes animais estão sob a tutela de protetores parceiros da Diretoria de Bem-Estar Animal de São José (Dibea). Eles vão ser tratados, cuidados e castrados, e quando estiverem aptos, serão colocados para adoção.

*Sob supervisão de Andréa da Luz

Leia também

Como lei federal para pessoas em situação de rua impactará SC: “só tem benefícios”

Dois homens morrem soterrados em acidente de trabalho em Concórdia

Destaques do NSC Total