nsc
dc

Violência

Mulher morta pelo marido em Forquilhinha será sepultada em Araranguá

José Vanderlei dos Santos Dahmer, de 54 anos, está no Presídio Regional de Criciúma

21/01/2019 - 10h51 - Atualizada em: 21/01/2019 - 11h00

Compartilhe

Lariane
Por Lariane Cagnini
(Foto: )

Morta pelo marido na madrugada deste domingo, Rosane Apolinário Dahmer, 42 anos, será sepultada às 17h desta segunda-feira no Cemitério Jardim da Paz, em Araranguá. Ela morava em Forquilhinha com o filho e o marido José Vanderlei dos Santos Dahmer, de 54 anos. Ao retornar de uma viagem para São Paulo, ela foi estrangulada por José Vanderlei, que abandonou o corpo em um matagal às margens da SC-446.

Segundo informações da Polícia Militar, moradores acionaram a guarnição depois que encontraram um veículo abandonado na região, com marcas de sangue no interior. O carro pertence a José Vanderlei, e ele foi até a delegacia prestar depoimento. Ele disse que os dois estavam em processo de separação, e confessou o assassinato da companheira.

Depois de confessar o crime, o homem indicou aos policiais onde tinha deixado o corpo. Como a área era de difícil acesso, foi necessária a utilização de cão farejador e o apoio do Serviço Aeropolicial (Saer), de acordo com o major Eduardo Moreno do 9º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Criciúma.

Rosane foi estrangulada e depois degolada, e o laudo pericial apontou hemorragia como a causa da morte. O homem está recolhido no Presídio Regional de Criciúma, e vai passar por audiência de custódia na tarde desta segunda-feira. Ele vai responder por feminicídio e ocultação de cadáver.

A Polícia Civil orienta que testemunhas ou vítimas de violência doméstica que precisarem de atendimento podem entrar em contato pelo telefone 181, o disque-denúncia.

Colunistas