Uma das multinacionais bilionárias de Santa Catarina criou um programa de Inteligência Artificial (IA) que ajudou a empresa a aumentar o faturamento do primeiro quadrimestre de 2024 em 17%, se comparado ao mesmo período do ano anterior. A ferramenta tem possibilitado a redução de estoques, a ampliação da capacidade produtiva e a elevação dos níveis de satisfação dos clientes. 

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Joinville e região no WhatsApp

A empresa em questão é a Duas Rodas, de Jaraguá do Sul, que produz extratos botânicos, aromas e ingredientes para a indústria alimentícia. Segundo a companhia, as vendas nos mercados nacional e internacional em conjunto com novas tecnologias, como a inteligência artificial, foram os principais responsáveis pelo crescimento da companhia, que conta com mais de 10 mil clientes espalhados por 70 países das Américas, Europa e Ásia.

Com usina solar, multinacional de SC ganha categoria de prêmio ambiental mais importante do Brasil

Continua depois da publicidade

Essa IA foi criada pela própria empresa e é chamada de Drica (Duas Rodas Inteligência Artificial Cognitiva). Quatro processos são apoiados pela inteligência artificial com algoritmos próprios. São eles: projetos de clientes, pesquisa e desenvolvimento, forecast (predição) de vendas e inteligência de mercado.

— Com todo o nosso conhecimento de quase um século neste segmento aliado à DRICA conseguimos prever qual deve ser o giro dos nossos produtos para atender à demanda dos clientes. O que gera agilidade na entrega e maior satisfação dos nossos clientes, porque eles podem comprar conforme a necessidade sem ter que manter estoques — explica o presidente da empresa, Leonardo Fausto Zipf.

Além disso, Zipf afirma que o bom desempenho apresentado é fruto de muito comprometimento dos profissionais da Duas Rodas, um crescimento significativo no mercado externo e, principalmente, do uso eficiente da tecnologia. A transformação digital e a criação de sua própria inteligência artificial permitiram à empresa dar um salto de crescimento significativo. 

Em 2023, a empresa faturou mais de 1,6 bilhão de reais, sendo que 23% deste resultado vieram de produtos do portfólio de inovação. 

Continua depois da publicidade

— Temos um compromisso muito forte com nossos clientes e, por isso, usamos a tecnologia e toda nossa expertise para colaborar com o desenvolvimento de produtos inovadores — ressalta Zipf.

O presidente também destaca o desempenho da companhia no mercado alemão, após a aquisição da empresa tropextrakt Gmbh, em janeiro deste ano, que tem sido melhor que o previsto.

— Estamos muito felizes com nosso resultado na Alemanha. Acreditamos que em quatro anos vamos conseguir bater a meta que havíamos estipulado para 10 anos, o que demonstra que estamos no caminho certo — diz.

Destaques do NSC Total