nsc
    dc

    Luto

    "Daniel Lucena foi nosso compositor maior": músicos de SC lamentam morte do vocalista do Expresso Rural

    Daniel Lucena morreu nesta quarta-feira (16)

    17/12/2020 - 09h53

    Compartilhe

    Marina
    Por Marina Martini Lopes
    O artista, natural de Lages, morreu em decorrência de um câncer de fígado
    O artista, natural de Lages, morreu em decorrência de um câncer de fígado
    (Foto: )

    A morte do cantor e compositor Daniel Lucena, membro fundador da banda Expresso Rural, deixa uma lacuna na música catarinense. O artista, natural de Lages, morreu na noite desta quarta-feira (16), em Florianópolis, em decorrência de um câncer de fígado.

    - O Expresso foi o primeiro grupo de Santa Catarina que fez com que suas canções fossem cantadas pelo Estado inteiro - afirma o cantor e compositor Luiz Meira, amigo pessoal de Lucerna. - Certos Amigos é certamente a música mais popular de Santa Catarina feita por um compositor daqui. O Daniel foi nosso compositor maior.

    - Ele era uma pessoa engraçadíssima, tinha tiradas muito divertidas - prossegue Meira. - No palco ele brincava com a plateia, era muito brincalhão. E muito perspicaz, sabe? Olhava para uma pessoa na plateia e já pensava numa brincadeira, numa piada.

    Na noite desta quarta-feira, o governador Carlos Moisés lamentou a morte de Daniel Lucerna, escrevendo em sua conta no Twitter: "Santa Catarina perdeu hoje um dos seus maiores músicos. Um daqueles amigos que nos mostram que o mundo ainda é bom. Meus sentimentos à família e amigos de Daniel Lucena, cantor e compositor da banda Expresso Rural."

    Na publicação, Moisés incluiu um vídeo de uma ocasião em que subiu ao palco com o Expresso Rural e a Camerata Florianópolis para cantar a música Certos Amigos - momento surgido justamente da espontaneidade de Lucerna citada por Meira, que o fazia sempre interagir com o público durante os shows.

    - Este concerto com o Expresso aconteceu no início de 2019, e o governador estava na plateia - conta o maestreo Jeferson Della Rocca, da Camerata Florianópolis. - Quando o Daniel viu o Moisés, tomou a iniciativa de convidá-lo a participar de uma música, já que sabia que o governador é fã do grupo.

    - A música brasileira perde um de seus compositores mais destacados. - segue Della Rocca. - Daniel Lucena foi um grande compositor, poeta, de carisma inigualável. Com seus colegas do Expresso Rural, colocou a música catarinense em destaque no cenário nacional e influenciou fortemente várias gerações de músicos que o sucederam.

    - Meu último encontro com o mestre Lucena foi em agosto, em um show no drive-in da Arena Petry - conta o maestro. - Lembro do abraço apertado que ele me deu no final da apresentação, talvez um gesto de gratidão mútua entre nós; mas não poderia imaginar que na verdade era um adeus.

    > Rock'n Camerata é uma das apresentações artísticas na programação dos 60 anos da UFSC

    - O Daniel era um cara extremamente ativo: sempre com uma ideia na cabeça, sempre com uma música nova - relata Zeca Petry, que conheceu Lucena em 1980: os dois se aproximaram imediatamente, por ter gostos musicais em comum, e naquele mesmo ano decidiram formar uma banda juntos. A Expresso Rural acabaria nascendo em 1981, quando Petry e Lucena encontraram os outros integrantes para o grupo.

    - Ao longo dos anos, quando tínhamos que trabalhar em jingles, os do Daniel normalmente deixavam de ser jingles para virar novas canções para a gente, porque eram poesia pura, com melodias incríveis - conta Petry. - O Daniel nunca estudou música a fundo, mas a música estava dentro dele. Ele era um compositor genial.

    - Fizemos alguns shows sem o Daniel nos últimos anos, quando a saúde dele se tornou mais debilitada, mas o público sentia demais a falta dele - prossegue o músico. - Se ele estivesse no palco, mesmo sem cantar, ele era o centro das atenções. O Daniel tinha um carisma incrível.

    Colunistas