nsc
hora_de_sc

Carnaval 2019

Musos da Hora: Conheça os candidatos da escola Dascuia

Os vencedores serão conhecidos no dia 28 de fevereiro, em evento no Mercado Público

23/02/2019 - 12h10

Compartilhe

Por Dayane Bazzo
Jakeliny e Rodrigo: os candidatos de Dascuia
(Foto: )

O concurso Musa e Muso da Hora 2019 apresenta nesta semana os candidatos que as seis escolas de samba do Grupo Especial de Florianópolis indicaram. As publicações seguiram a ordem do desfile definida pela Liga de Escolas de Samba de Florianópolis (Liesf): na segunda foi a Nação Guarani, de Palhoça, na terça a Embaixada Copa Lord, na quarta a Unidos da Coloninha, na quinta a Protegidos da Princesa, sexta a Consulado e, neste sábado, a Dascuia. Apenas a Consulado não indicou um concorrente da ala masculina. No dia 25, iniciará a votação online no site do jornal.

O desfile final, com votação do júri e entrega das faixas, será no Mercado Público no dia 28, durante o Botequim do Jornal do Almoço. Os vencedores ganharão a faixa e um ensaio fotográfico para estampar a capa do jornal no sábado de Carnaval. E aí, bora conhecer os candidatos, escolher aquele que irá representar a sua escola e torcer?

Conheça Jakeliny Barbosa

Jakeliny Barbosa Feliciano, 21 anos, é filha de Arnoldo Manoel Feliciano, mais conhecido como Seu Dedinha, 80, o músico mais velho da centenária Banda da Lapa. Cresceu em meio ao samba, porém nunca teve coragem de desfilar por ser, segundo ela, acanhada. Tudo mudou em janeiro. Como sempre acompanha os trabalhos da Dascuia, recebeu um convite inesperado: entrar pra ala das passistas. A timidez ficou de lado e deu espaço ao samba no pé.

— A escola de samba é, como o nome próprio nome diz, um local onde aprendemos coisas impagáveis, e uma delas é a união. Estar na Dascuia é como estar em família, é amor, é orgulho representar a verde e rosa de Floripa — diz empolgada com as preparações para o Carnaval.

Jakeliny Barbosa Feliciano candidata Dascuia
(Foto: )

Perfil

Nome: Jakeliny Barbosa Feliciano

Idade: 21 anos

Altura: 1,57

Peso: 58 quilos

Profissão: Auxiliar administrativo e estudante de ciências contábeis

Bairro: Saco dos Limões, Florianópolis

Desde quando na escola: Desde janeiro de 2019 faz parte da ala das passistas, porém já acompanha a escola desde o ano passado.

Campanha: “A nação verde e rosa depositou confiança em mim e assim sinto muita gratidão pela oportunidade. Estou me dedicando a altura para representar a minha escola, que é a escola do povo”.

Conheça Rodrigo Guimarães

Rodrigo Guimarães, 35, descobriu a emoção de fazer parte de uma escola de samba há um mês. Até então acompanhava o Carnaval de longe, mas sempre foi apaixonado pelo samba. Aos cinco anos adorava visitar o falecido tio Miro, uma figura conhecida de Florianópolis, principalmente porque fazia as próprias fantasias à mão.

O convite para entrar para a Dascuia ocorreu no início deste ano. Uma professora de dança, que é passista da escola, viu em Rodrigo muito samba no pé e não teve dúvidas, o chamou para também ser passista pela verde e rosa.

—A minha relação com a Dascuia foi amor à primeira vista. Fui muito bem recebido pela escola. Fazer parte dela é uma sensação fora do comum, quando toca a bateria eu me arrepio inteiro — conta.

— No ensaio é uma coisa, mas quando desfilei na Praça XV foi a liberação de tudo o que estava sentindo, foi muita emoção ver as pessoas batendo palmas. Eu fiquei emocionado, imagina como vai ser o dia do desfile na passarela — acrescenta.

Rodrigo Guimarães candidato Dascuia
(Foto: )

Perfil

Nome: Rodrigo Guimarães

Idade: 35 anos

Altura: 1,73

Peso: 77 quilos

Profissão: Contador

Bairro: Forquilhinhas, São José

Desde quando na escola: Está na escola desde o início de janeiro de 2019.

Campanha: “Eu gostaria de ser o Muso da Hora por causa da alegria que eu tenho. Sou muito alto astral, em qualquer lugar que eu estou faço as pessoas se sentirem alegres. Eu nasci para fazer alguém sorrir. E essa é a cara do Carnaval: passar o que a gente tem de bom, fazer as pessoas felizes”.

​​​Conheça os sambas das escolas da Grande Florianópolis para o Carnaval 2019​​​

​​Leia tudo sobre o Carnaval em Santa Catarina​​​

Colunistas