nsc
    nsc

    Sebrae Acelera Negócios

    Na contramão da crise, empresa de bolos e doces comemora aumento de 50% nas vendas 

    Confeitaria de Florianópolis ampliou o faturamento e pôde inaugurar a segunda loja em menos de um ano 

    14/01/2021 - 10h48 - Atualizada em: 14/01/2021 - 10h58

    Compartilhe

    Estúdio
    Por Estúdio NSC
    Retoma SC: projeto do Sebrae traz novo fôlego para empresas de SC
    (Foto: )

    Alguém que faz bolos e doces para festas é indicado por amigos, que indicam para outros amigos e estes para seus amigos, ampliando, assim, a rede de contatos e de negócios. Esse é um começo bastante comum na história de muitas confeitarias e docerias brasileiras, e o que separa a profissionalização e ampliação dos negócios das cozinhas caseiras é a vontade de crescer e de inovar dos empreendedores.

    Foi isso que moveu Valéria Darin e Lisiane Braga, da ZuzuLove Sweetness & Art, de Florianópolis. A empresa, que hoje conta com sete colaboradores, tem quatro anos de atuação, abriu sua primeira em novembro de 2019 e a segunda, menos de um ano depois, em setembro de 2020.

    — A Zuzu nasceu do desejo de levar doçura às pessoas. Começamos em casa, com encomendas de bolos e doces para festas, primeiramente de amigos, depois amigo dos amigos, e assim seguimos... Quando já não tínhamos mais capacidade de atender em casa, decidimos montar uma cozinha industrial e uma loja, tudo foi pensado com muito cuidado e carinho, para que nossos clientes se sintam aconchegados sempre que entrarem na loja — conta Valéria Darin.

    Pensando em criar possibilidades de crescimento para pequenas empresas durante a crise causada pela pandemia do novo coronavírus, o Sebrae/SC criou o Retoma SC, uma iniciativa que reúne diversas ações, soluções e capacitações, gratuitas e on-line, acessíveis a todos as pessoas que já empreendem ou pretendem empreender. O projeto propõe reestruturação dos pequenos negócios, inovação e adequação dos processos à nova realidade do mercado e, assim, estimular a retomada da economia catarinense.

    – Desde o início, o Sebrae sempre foi um importante apoio para nós, com informações sobre a estrutura, procedimentos etc. Os cursos on-line e presenciais nos ajudaram a administrar as finanças, a oferecer um atendimento de excelência e a encontrar soluções para dificuldades do dia a dia – afirma a empresária.

    Valéria Darin foi selecionada para receber a consultoria Sebrae Delas: Mulher de Negócios e para participar do Empretec, considerado um “divisor de águas na empresa”, segundo ela, que garante que esses programas tiveram papel fundamental na ampliação e consolidação dos negócios.

    — No Sebrae Delas, tivemos várias palestras, conteúdos muito atuais, troca de experiência ótimas, além do suporte para sanar dúvidas. Trouxemos para nosso empreendimento o máximo que pudemos absorver, iniciamos um processo de mudança no controle financeiro, investimos no atendimento de pedidos on-line, no delivery próprio e Ifood. Nesse processo, conversamos com nossos clientes para saber do que eles gostam e levamos em conta suas sugestões para implantar as mudanças — explica.

    Em 2020, uma turma-piloto do “Sebrae Delas: Mulher de Negócios”, com 500 empresárias de todo o estado de Santa Catarina, foi criada para uma edição especial do programa de desenvolvimento, 100% digital e totalmente gratuita. Essa turma faz parte do Retoma SC, projeto que contempla outros programas do Sebrae, com foco na criação de estratégias de recuperação, com base em quatro pilares: Acesso ao crédito, Novos modelos de negócios, Colaboração criativa, Transformação Digital e Capacitação de Equipes.

    — Com o Sebrae, tivemos apoio na mensuração de resultados, foi quando percebemos um crescimento de receita; e na criação de estratégias para atrair novo clientes e fidelizá-los com produtos diversificados e com serviços que fossem condizentes com o que os clientes buscavam no momento — lembra Valéria.

    — Assim, tivemos um aumento no faturamento, com o crescimento de mais de 50% das vendas, sem a necessidade de usar investimentos próprios, que pôde ser utilizado na abertura da nossa segunda loja – comemora Valéria.

    Retoma SC: projeto do Sebrae traz novo fôlego para empresas de SC

    O Retoma SC é uma iniciativa criada para apoiar e fortalecer os pequenos negócios catarinenses, minimizando os impactos negativos da crise causada pela Covid-19. São inúmeros projetos e ações on-line, voltados para empreendedores que precisam preparar e organizar a retomada do crescimento.

    Além de programas que já fazem parte dos serviços do Sebrae/SC, como o Sebrae Delas, o Sebraetec e o ALI (Agentes Locais de Inovação)[MU1] , uma série de vídeos, cursos e outros materiais está disponível, gratuitamente, no Portal e no Blog do Sebrae/SC.

    Entre as novidades, a Trilha Como Vender Mais pela Internet traz cinco videoaulas com tudo que os empreendedores precisam para criar uma estratégia e colocar em prática as vendas on-line. Na Trilha, são abordados, entre outros, conceitos de marketing, ferramentas de venda on-line, métodos de pagamento, logística de entrega.

    A Série: Palestras On-line disponibiliza mais de 50 palestras com especialistas e conteúdos exclusivos para empreendedores superarem a crise. Empresas que trabalham com importação e/ou exportação podem contar com o programa SC+GLOBAL | Go to Market, criado para desenvolver a competitividade das micro e pequenas empresas de forma sustentável.

    Desde o início da pandemia, o Sebrae/SC vem se estruturando para se fazer presente em todas as regiões do estado, com atendimentos virtuais e consultorias remotas. Em junho, a entidade lançou o Retoma SC, pois percebeu a necessidade de fazer com que as empresas começassem a pensar de maneira mais assertiva na retomada dos negócios.

    O calendário de ações e os temas das palestras, webinars, minicursos, e-books e outros materiais foram planejados considerando ações de outras instituições que também trabalham com o empresariado catarinense, como a FIESC (Projeto Travessia), pois o Retoma SC faz parte de um projeto maior, estadual.

    – Na segunda metade de dezembro, será lançada uma campanha que será uma espécie de overview de tudo que aconteceu desde junho até dezembro, retomando, de maneira resumida, as ações que tiveram mais audiência de maneira resumida. Assim, o programa deverá ir até o fim de janeiro de 2021 – antecipa Douglas Luís Três, Gerente de Atendimento Empresarial do Sebrae/SC.

    Douglas explica que o Programa Retoma SC tem como principal diferencial a diversidade de ações, atendendo às necessidades de pequenas empresas de diferentes setores. Desde junho, o Retoma SC já conta com mais de 140 mil empresas contempladas com ações as virtuais, e a expectativa é ultrapassar os 180 mil atendimentos até o fim do projeto.

    Para mais informações e para ter acesso a cursos, vídeos e outros materiais, acesse o Portal do Sebrae Santa Catarina.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Especiais Publicitários

    Colunistas