nsc
santa

Turquia

Naufrágio em Istambul deixa pelo menos 24 mortos

Embarcação levava cerca de 40 emigrantes afegãos e sírios em direção a Romênia

03/11/2014 - 05h53

Compartilhe

Por Redação NSC
Barco da guarda costeira turca realiza operação de busca e salvamento próximo ao local
Barco da guarda costeira turca realiza operação de busca e salvamento próximo ao local
(Foto: )

Pelo menos 24 pessoas morreram nesta segunda-feira em um naufrágio na confluência do Estreito de Bósforo e do Mar Negro, perto de Istambul, capital da Turquia.

Sete passageiros do barco, que transportava emigrantes afegãos e sírios para a Romênia, foram resgatados com vida pela guarda costeira turca e nove permaneciam desaparecidos.

A direção da guarda costeira confirmou o naufrágio de uma embarcação de emigrantes, mas se recusou a divulgar um balanço.

Leia todas as últimas notícias de Zero Hora

Leia as últimas notícias mundo

Os meios de comunicação turcos destacaram que 40 pessoas embarcaram ao sul de Istambul, no Mar de Mármara. O barco teria seguido pelo Estreito de Bósforo em direção ao Mar Negro, onde naufragou por um motivo ainda indeterminado perto da cidade de Rumeli Fener. A bordo também estavam 12 crianças e sete mulheres, segundo a imprensa.

A Turquia é uma rota importante para a emigração clandestina da Ásia e África para a Europa. Os imigrantes procedentes do continente africano e do Oriente Médio são detidos com frequência no país e os naufrágios são comuns.

A guerra na Síria aumentou o número de emigrantes que passam pela Turquia para tentar entrar na União Europeia, em sua maioria por meio do Mar Mediterrâneo até a Grécia, que se viu obrigada a reforçar as patrulhas marítimas.

As ilhas do Mar Egeu se tornaram, em 2013, a principal rota dos guias que ajudam os clandestinos, depois que foram reforçados os controles na fronteira terrestre entre Grécia e Turquia.

* AFP

Colunistas