nsc
an

Resgate

Navio encalhado é removido após cinco dias em São Francisco do Sul

Operação aconteceu durante a madrugada na Baía da Babitonga

09/03/2020 - 09h45

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Navio havia encalhado na saída de São Francisco do Sul
Navio havia encalhado na saída de São Francisco do Sul
(Foto: )

O navio graneleiro Aeolian Grace (bandeira do Chipre), que encalhou na madrugada de 4 de março na laje de pedra do Porto de São Francisco do Sul, foi retirado do local às 2h48 desta segunda-feira (9). Ele foi encaminhado para a área de fundeio, na Baía da Babitonga, onde vai passar por vistoria.

O resgate da embarcação foi possível devido às condições de maré, que atingiu 1,6 metros, somado ao apoio de quatro rebocadores e da base de emergência ambiental, praticagem, da empresa especializada, autoridade portuária e da coordenação da autoridade marítima.

Segundo a direção do porto, foram seguidos todos os protocolos internacionais impostos para acidentes com as características do ocorrido com o navio Aeolian Grace e exigidos pela autoridade marítima em relação à poluição ambiental e integridade do navio.

Com a retirada do navio encalhado, as operações do Porto de São Francisco do Sul voltam ao normal. Até então, qualquer manobra precisava ser avaliada pela praticagem e autorizada pela Capitania dos Portos. Na manhã desta segunda-feira, já ocorriam manobras de entrada e saída de navios dentro dos parâmetros operacionais.

Segundo a Capitania dos Portos, não houve nenhuma poluição hídrica por causa do encalhe. A embarcação havia acabado de ser carregada com 65.804 toneladas de soja no Porto de São Francisco do Sul e encalhou quando estava realizando uma manobra de desatracação, a cerca de 500 metros do porto.

Colunistas