nsc
    dc

    Saúde

    Número de casos de sarampo sobe para 21 em Santa Catarina

    Novo boletim da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC) foi divulgado nesta segunda-feira (23)

    23/09/2019 - 16h41 - Atualizada em: 23/09/2019 - 18h09

    Compartilhe

    Redação
    Por Redação DC
    sarampo em sc
    Além dos 21 casos confirmados, outros 57 suspeitos são investigados
    (Foto: )

    O número de casos confirmados de sarampo neste ano em Santa Catarina subiu para 21, informa o boletim da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC) divulgado nesta segunda-feira (23). Outros 57 casos estão em investigação. No boletim anterior, do dia 10 de setembro, havia 19 casos confirmados.

    Conforme a Dive-SC, todos os casos registrados até o momento são considerados importados, porque os pacientes possuem histórico de moradia, viagem ou contato com pessoa doente do Estado de São Paulo, onde ocorre o maior surto da doença.

    Dois 21 casos confirmados, três eram de tripulantes de um navio que atracou na costa catarinense em fevereiro. Florianópolis é a cidade com mais casos (12). Já Barra Velha tem três casos confirmados. Guaramirim, Balneário Camboriú e Schroeder têm um caso cada.

    Riscos e sintomas

    O sarampo é uma doença causada por um vírus que pode matar, principalmente, crianças desnutridas e menores de um ano de idade. O contágio pode ser fácil, pelo ar, através da respiração, tosse ou espirros.

    Os principais sintomas do sarampo são: febre, tosse, coriza, aparecimento de manchas vermelhas no corpo e olhos avermelhados. Apresentando sinais e sintomas do sarampo, o serviço de saúde deve ser procurado imediatamente para que seja feito o diagnóstico e tratamento da doença.

    Leia mais: Sintomas do sarampo podem ser mais agressivos em adultos

    Vacinação

    A única forma de prevenção contra o sarampo é a vacinação. Quem não se imunizou contra a doença quando criança ou não lembra deve procurar os postos de saúde, orienta a Dive-SC.

    Pessoas entre 1 e 29 anos devem tomar duas doses em um intervalo mínimo de 30 dias entre elas. Entre 30 e 49 anos, deve-se tomar uma dose apenas.

    Sarampo em SC

    A circulação endêmica do vírus do sarampo foi interrompida no Estado no ano 2000. Desde então, foram registrados apenas casos esporádicos e importados: em 2001 (1 caso), 2003 (2 casos), 2005 (4 casos) e 2013 (1 caso). Em 2019, houve 239 casos suspeitos, dos quais 21 foram confirmados.

    Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas