nsc

    Dinheiro

    "O nosso cliente é a pessoa que foi mais atingida", diz presidente do Banco da Família

    Isabel Baggio explica sobre o funcionamento durante a pandemia

    08/08/2020 - 12h44

    Compartilhe

    Jorge
    Por Jorge Jr.
    Isabel Baggio, presidente do Banco da Família
    Isabel Baggio, presidente do Banco da Família
    (Foto: )

    A pandemia do novo coronavírus tem impactado diretamente a economia no mundo. Em um recorte local, a pesquisa mais recente do Banco da Família mostra que 70,5% dos negócios informais tiveram problema para manter as contas em dia. Presidente do banco, Isabel Baggio conta como isso tem atingido em cheio as pessoas.

    - O nosso cliente é a pessoa que foi mais atingida. Onde nós estamos não deixamos de atender porque a gente sabe a necessidade e a dificuldade que essa pessoa está passando. 

    O crédito oferecido pelo banco se dá diretamente a quem tem dificuldade em buscar recursos em instituições financeiras de grande porte. Apesar de ter 20 mil clientes ativos em 128 municípios de Santa Catarina, há ainda disponibilidade para novas pessoas ingressarem no Banco da Família.

    > Pedágio na BR-101 tem reajuste de 11% em SC mesmo após decisão do TCU

    - A característica básica é dar acesso ao crédito àquele que não tem comprovoção de renda formal, como o catador de lixo, uma pessoal que faz pão, cabeleireira, que não tem a sua renda nem formalizada nem registrada. 

    Ouça a entrevista completa

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Economia

    Colunistas