nsc
    dc

    Giro financeiro

    O poder do exemplo 

    "Nós brasileiros temos arraigada a cultura na qual o lucro, o sucesso, é considerado um pecado e temos vergonha de mostrar aos outros"

    13/12/2017 - 04h00

    Compartilhe

    Por Redação NSC

    Há alguns anos, em uma tarde fria de outono na Califórnia, tive a oportunidade de aprender uma das lições mais importantes da minha vida. Estava em Sunnyvale, uma cidade de 150 mil habitantes no coração do Vale do Silício, quando visitei pela primeira vez uma das mais importantes aceleradoras do mundo, de onde saíram empresas como o Paypal, cujo cofundadores vieram depois a criar empresas como YouTube, Tesla, Linkedin, SpaceX, Yelp, Yammer, Palantir Technologies entre outras.

    Na entrada da Plug and Play Tech Center, nada diferente do que já temos em diversos espaços de inovação aqui no nosso estado hoje em dia, uma decoração "cool", bonita, colorida, funcional, mas uma coisa me chamou muito atenção. As paredes estavam cobertas de quadrinhos informando cada case de sucesso que passou por aquele espaço. Isso é uma pequena amostra de como uma sociedade valoriza os seus empreendedores. Imagino que cada empreendedor novo que chega ali deva se inspirar naqueles grandes nomes e este é o ponto no qual quero chegar.

    Nós brasileiros temos arraigada a cultura católica-cristã, na qual o lucro, o sucesso, é considerado um pecado e temos vergonha de mostrar aos outros, como se fosse algo proibido e feio. Somando isso ao pensamento da maioria absoluta das nossas universidades, que repulsam o relacionamento empresa – academia, temos a receita certeira para o fracasso.

    Precisamos mudar esta forma de pensar radicalmente. No nosso ecossistema de inovação catarinense temos conseguido mudar isto aos poucos, e obtendo resultados fantásticos nos últimos anos. Hoje possuímos diversas iniciativas que permitem e valorizam estas conexões, como meetups, eventos de verticais de negócios, incubadoras, aceleradoras, universidades, coworkings, polos regionais.

    Em todos estes espaços existem uma característica em comum: o compartilhamento e a forte conexão entre as pessoas. São nestes locais que os empreendedores contam as suas histórias de vida aos outros, onde partilham as suas dificuldades, seus fracassos e sucessos. Estas atitudes são muito transformadoras, pois a partir do momento em que é possível se dar conta que uma pessoa que vive na mesma cidade, e teve as mesmas condições de estudo deu certo, cria-se um sentimento muito forte de "se ele conseguiu, eu também posso conseguir". Isso é simplesmente transformador.

    Estes exemplos de sucesso são poderosos, transformaram a minha vida e a de muitos outros empreendedores, hoje procuro repassar isso incansavelmente em nossas palestras pelos quatro cantos do nosso país.

    O que é o Giro Financeiro: jornais da NSC Comunicação ganham novo espaço de opinião sobre economia

    Mais Giro Financeiro:

    Inflação baixa nem sempre é bom

    A inovação que o mundo precisa

    Dicotomia no setor tecnológico

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas