nsc
    hora_de_sc

    Combinações

    O que Brusque, Avaí e Marcílio Dias precisam pela liderança do Catarinense 2020 

    Três times chegam na última rodada na briga pelo primeiro lugar

    09/03/2020 - 14h13 - Atualizada em: 09/03/2020 - 14h17

    Compartilhe

    João Lucas
    Por João Lucas Cardoso
    Avaí e Brusque estão separados por apenas um ponto na última rodada de fase do Catarinense 2020
    Avaí e Brusque estão separados por apenas um ponto na última rodada de fase do Catarinense 2020
    (Foto: )

    Três times chegam na última rodada do Catarinense 2020 em condições de terminar na liderança: Brusque, Avaí e Marcílio Dias. Os cinco jogos de domingo (15), todos às 16h, são decisivos, pela dianteira e também para determinar os confrontos das quartas de final do campeonato - inclusive as equipes que vão lutar contra o rebaixamento.

    A primeira colocação ficou em aberto porque o Brusque empatou com o Concórdia no último domingo e deixou escapar a chance de se garantir na frente por antecipação. Com a vitória do Avaí sobre o Juventus, o Leão da Ilha tem chance de tomar a dianteira, já que ficou apenas um ponto atrás da equipe brusquense. O Marcílio Dias, que empatou em casa com o Tubarão, poderia chegar à rodada final em situação melhor para ficar na frente, mas também está na briga, mas com necessidade de vencer e torcer por mais resultados.

    Na quarta colocação, e com chance de ficar em terceiro, o Figueirense terá influência na briga não apenas por isso. O Alvinegro vai enfrentar o Brusque e pode ajudar Avaí e Marcílio Dias.

    As quartas terão os oito melhores classificados - os dois últimos fazem confronto de dois jogos contra o rebaixamento. Os quatro primeiros serão mandantes no jogo de volta.

    O que os times precisam

    Brusque (17 pontos) - Se vencer o Figueirense no Orlando Scarpelli, termina na frente. Em caso de empate, torce para que Avaí e Marcílio Dias não vençam Concórdia e Juventus, respectivamente, ambos fora de casa. Se perder, pode terminar líder se o Leão da Ilha perder (o Avaí tem menos número de vitórias e melhor saldo de gols) e o Marinheiro não passar do empate.

    Avaí (16) - Para terminar na frente, precisa vencer o Concórdia no Domingos Lima, em Concórdia, e torcer para que o Brusque não ganhe do Figueirense. Se empatar, o Marreco não pode pontuar e o Marcílio Dias não pode ganhar do Juventus. Derrota não interessa pela liderança.

    Marcílio Dias (15) - Terá de vencer para terminar na frente, e ainda torcer para que o Brusque perca para o Figueirense e o Avaí não passe de um empate diante do Concórdia. Se o Marreco empatar e o resultado do Leão for favorável, ainda vai precisar tirar diferença de três gols de saldo do outro representante do Vale do Itajaí.

    Figueirense (12) - Não vai lutar pela liderança, mas influi na briga. Pode terminar na terceira posição e defende o quarto lugar, já que Joinville e Criciúma estão logo atrás e se enfrentam. Para ficar em terceiro, o Figueirense tem que vencer o Brusque e o Marcílio Dias ser derrotado pelo Juventus - iguala em pontos e vitórias com o Marinheiro e passa no saldo de gols. Porém, ganhar do Marreco abre caminho para o Avaí ficar na frente. Se o Alvinegro empatar ou perder, corre risco de ser ultrapassado pelo ganhador de JEC e Tigre. No entanto, em caso de empate na Arena Joinville, o Figueira termina em quarto, independente do resultado no Orlando Scarpelli.

    Mais notícias sobre o Catarinense 2020 no NSC Total

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas