nsc

publicidade

Seu dinheiro

Oktoberfest: quanto custa montar um traje tipicamente germânico

Santa visitou quatro lojas e selecionou os looks mais baratos em cada uma delas

15/10/2019 - 13h06 - Atualizada em: 17/10/2019 - 10h03

Compartilhe

Talita
Por Talita Catie
Oktoberfest: quanto custa montar um traje tipicamente germânico
(Foto: )

Os trajes típicos dão um charme especial à Oktoberfest e um alívio ao bolso do público. Fritz e Frida devidamente trajados têm direito a meia-entrada de quinta-feira a sábado e passagem liberada nas catracas do Parque Vila Germânica nos demais dias.

Mas, afinal, quanto custa montar um look germânico e curtir a festa a caráter? O Santa convidou a folclorista Roswitta Ziel para visitar quatro estabelecimentos e conferir os menores preços, sem deixar de atender as exigências da organização, é claro.

Ela integra o Conselho Deliberativo da Associação dos Grupos Germânicos, uma das entidades integrantes na comissão que define o que configura de fato um traje típico. As regras, estabelecidas por meio de portaria, incluem não só os looks de homens e mulheres, mas também os dos pequenos Fritz e Frida.

– Um traje histórico tem parâmetros para obedecer e serem obedecidos. Aqui em Blumenau a gente tem várias adaptações do que se tinha antigamente. Na nossa Oktoberfest temos uma mistura de vestimentas de diferentes partes da Alemanha. É como se aqui no Brasil pegássemos itens do nordeste, roupas do Rio de Janeiro, vestimentas do gaúcho e montássemos uma coisa só – explica.

Nas lojas que Roswita visitou a convite da reportagem, tem modelo para todos os gostos e bolsos. Nas lojas populares, é possível virar um típico alemão por R$ 169. Para elas, o menor valor é de R$ 149. Quem optar por um look mais sofisticado, paga mais: R$ 1.210 para Frida e R$ 840 para os Fritz.

Colaborou: Nathan Neumann

Confira os looks, escolha o seu e aproveite a festa!

Confira os looks, escolha o seu e aproveite a festa
Confira os looks, escolha o seu e aproveite a festa
(Foto: )

Como deve ser o look Frida

Blusa: a cor precisa combinar com o tecido do restante do traje. Pode ter as mangas longas ou curtas, mas sem mostrar a barriga. Se for usar colete, deve ser típico germânico e a cor também precisa combinar com o vestido.

Vestido ou saia: só é típico se for longo ou até a altura do joelho (a tolerância é de até quatro dedos acima do joelho). Rendas e bordados são livres.

Meias: opcional. Podem ser substituídas por polainas, que devem ficar na altura da panturrilha. Se for usar meia, deve ficar na altura do joelho ou um palmo abaixo. Não vale meias de academia ou futebol.

Sapato: para ficar mais confortável, pode sapatilha e botina, mas não pode deixar os dedos e calcanhar à mostra. Exceto pelo tamanco de madeira, tipicamente germânico. Se tiver cadarço, ele precisa ser na mesma cor ou tom do calçado em si. Sapatos coloridos, botas de cano longo ou franjas e tachas não podem.

Suspensório: é opcional, mas se for usado precisa combinar com a Lederhosen, ser preso com botões e formar um “xis” nas costas.

Avental: é opcional, mas se decidir usar ele deve ir até quatro dedos acima do comprimento do vestido.

Lederhosen: tradicionalmente masculina, pode ser usada pelas mulheres também. A tolerância de comprimento é a metade da coxa. Pode ser confeccionada em couro ou outros tecidos.

Acessórios: opcional. Pode usar tiara florida, chapéu, bolsa e lenço, mas devem ser modelos típicos germânicos.

Folclorista Roswitta Ziel montou os looks dentro das normas
Folclorista Roswitta Ziel montou os looks dentro das normas
(Foto: )

Como deve ser o look Fritz

Camisa: curta ou comprida, de cor única ou xadrez, a camisa precisa ser de tecido e ter colarinho. Não é permitido regata ou polo.

Calça ou bermuda: a Lederhosen, originalmente de couro, também pode ser confeccionada em outros tecidos, menos jeans. Pode ser longa, até a altura dos joelhos ou um palmo acima.

Suspensório: é opcional, mas se for usado precisa combinar com a Lederhose, ser preso com botões e formar um “xis” nas costas.

Colete: também opcional. Se usar, não pode ser apertado demais e a cor precisa combinar com o resto do traje.

Meias: precisam ficar na altura do joelho ou um palmo abaixo. São obrigatórias e não vale usar as do futebol, mas podem ser substituídas por polainas. Devem combinar com a Lederhosen ou com a camisa.

Sapato: pode ser social, bota, botina ou sapatênis. Os calçados precisam ser sempre fechados e em tons de caramelo, marrom, preto ou cinza. Chinelo, tênis e calçados claros não podem.

Chapéu: é opcional, mas se decidir usar ele precisa ser tipicamente germânico. Ou seja: nada de boné ou boinas.

Confira o Guia Oficial da Oktoberfest 2019

Valor dos ingressos

Segundas-feiras: gratuito

Domingos, terças, quartas e quintas-feiras (exceto dia 27, quando entrada é gratuita): R$ 16

Sextas-feiras: R$ 36

Sábados: R$ 46

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

publicidade