nsc
dc

Fenômeno raro

Onda anormal é registrada em Laguna e surpreende banhistas; saiba o que fazer

Fato ocorreu no final de semana, e é quando uma onda maior "rouba energia" das demais ondas da série

20/01/2020 - 12h28 - Atualizada em: 20/01/2020 - 15h55

Compartilhe

Lariane
Por Lariane Cagnini

Banhistas da praia do Mar Grosso, em Laguna, foram surpreendidos por uma onda anormal, que arrastou cadeiras e objetos pessoais na tarde de sábado. A onda anormal, também chamada de freak wave, não costuma acontecer com frequência, mas chamou a atenção de quem estava na faixa de areia.

Não há registro em vídeo da formação da onda, mas pelas características descritas, o oceanógrafo da Epagri Carlos Eduardo Salles de Araújo acredita que seja uma freak wave. Segundo ele, uma onda anormal é quando uma delas drena a energia das outras que estão na série, e enquanto as demais perdem tamanho, essa ganha amplitude e força.

A região não possui ondógrafo para medir a direção e altura da onda, e também não existe uma definição exata do que forma uma freak wave. A interação de fatores não lineares como as próprias ondas, o fundo do mar, correntes e ventos, pode resultar nesse fenômeno.

No caso ocorrido em Laguna, ninguém ficou ferido segundo o Corpo de Bombeiros, responsável pelos guarda-vidas. Os danos foram apenas materiais, alguns banhistas perderam os chinelos e um celular foi levado pela água.

Além de Laguna, outras praias do Sul de Santa Catarina têm registrado a ocorrência de ondas maiores em uma determinada série. Na última semana, foram quatro arrastamentos na área atendida pelo 4º BBM, que compreende as praias de Balneário Rincão, Morro dos Conventos, Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivota e Passo de Torres.

Onda anormal: prevenção e cuidados

- Procurar sempre por praias que possuem o serviço de guarda-vidas;

- Ao chegar na praia, observar a bandeira no posto de guarda-vidas que indica a condição do mar;

- Tomar banho próximo aos postos de guarda-vidas;

- Crianças devem estar sempre acompanhadas de um responsável;

- Atenção com os pertences que podem ser molhados ou até mesmo levados quando ocorre o escoamento;

- Procurar se informar com os guarda-vidas sobre a condição do mar.

Fonte: Alesanco Neves de Farias, comunicação 8º BBM

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Cotidiano

Colunistas