nsc
    santa

    Transporte público

    Ônibus em Blumenau: como e quando o transporte coletivo deve voltar na cidade

    Prefeitura anunciou nesta terça-feira (2) que pretende liberar o transporte público na semana que vem; entenda

    03/06/2020 - 07h21 - Atualizada em: 05/06/2020 - 10h01

    Compartilhe

    Augusto
    Por Augusto Ittner
    Prefeito antecipou algumas regras sanitárias que serão adotadas.
    Prefeito antecipou algumas regras sanitárias que serão adotadas.
    (Foto: )

    Foi confirmada para o dia 15 de junho a volta dos ônibus em Blumenau. A prefeitura até tinha o desejo de retomar o transporte dia 8, porém optou por testar todos os motoristas e cobradores para a Covid-19 antes de os veículos voltarem a rodar com passageiros (clique aqui e entenda esse protocolo).

    > Receba notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Jornal de Santa Catarina

    O município já encabeçava nos bastidores uma pressão para que o Estado deixasse a cargo das cidades a decisão sobre o transporte público. Agora, todas as normas técnicas já foram definidas (veja abaixo) para que os usuários voltem a utilizar os ônibus e, ao mesmo tempo, evitem a propagação do novo coronavírus.

    Resumo da volta dos ônibus dia 15/6

    O transporte coletivo terá horário normal de operação de segunda a sexta-feira;

    Nos sábados os coletivos operam até as 15h;

    Nos domingos e feriados o serviço será suspenso;

    As linhas exclusivas para os profissionais da saúde permanecem disponíveis, com constante reavaliação de necessidade;

    O transporte intermunicipal não será retomado nos próximos 15 dias;

    Todos os veículos do transporte coletivo deverão trafegar obrigatoriamente com todas as janelas abertas e os funcionários que estejam no grupo de risco terão tratativa especial;

    Nos terminais, usuários e funcionários terão disponível dispensers com álcool em gel 70% e pias para a higienização das mãos, devendo ser utilizados com frequência.

    As regras para a retomada

    Será obrigatório o uso de máscaras de proteção para todos os usuários do Transporte Coletivo, tanto dentro dos ônibus, quanto nos pontos de ônibus, terminais e na central de atendimento;

    A Seterb fará a sinalização de solo para o distanciamento físico nos terminais, sendo obrigatório o respeito das delimitações;

    Os ônibus também contarão com a delimitação de espaço, que será controlado pelo cobrador. Os passageiros devem respeitar o local delimitado dentro do transporte, tanto nos assentos quanto no espaço livre para permanecer de pé;

    Será proibido o uso do transporte por pessoas com mais de 65 anos, que utilizem gratuidade (Cartão Melhor Idade ou com apresentação de documento);

    O Cartão Estudantil será liberado apenas para uso com pagamento de tarifa integral (considerando suspensão das aulas);

    Não será permitido o uso de dinheiro dentro dos ônibus por tempo indeterminado. O dinheiro será aceito apenas para acesso ao sistema nos terminais e para o pagamento de recargas na central de atendimento e nos terminais;

    Todos os cartões da modalidade Vale Transporte passam a aceitar recarga comum para facilitar o acesso ao usuário. Ao término de créditos, ou caso ele não exista, os créditos comuns carregados são consumidos.

    Colunistas