nsc
    santa

    Transporte coletivo

    Ônibus voltam a circular no Garcia, em Blumenau, na tarde desta sexta-feira

    Sistema também vai operar normalmente no sábado e no domingo

    14/02/2020 - 11h53 - Atualizada em: 14/02/2020 - 12h03

    Compartilhe

    Bianca
    Por Bianca Bertoli
    Sindicato pretende voltar com a mobilização na próxima semana
    Sindicato pretende voltar com a mobilização na próxima semana
    (Foto: )

    O transporte coletivo de Blumenau voltará a operar normalmente no Terminal Garcia entre as 13h e 14h desta sexta-feira (14), após a troca de turno dos trabalhadores, segundo o Sindetranscol, sindicato que representa os trabalhadores. Pela manhã, apenas a linha Troncal 10 estava circulando, o que provocou trânsito intenso na região Sul da cidade.

    Segundo Ari Germer, diretor do Sindetranscol, não há previsão de novas paralisações para esta sexta-feira. O sistema também deve operar normalmente no sábado e no domingo. Em assembleia durante a manhã, a categoria decidiu que a mobilização deve ser retomada na próxima semana.

    Nesta quinta-feira (13) a entidade havia comunicado que motoristas e cobradores paralisariam as atividades ao longo de toda sexta-feira. A mobilização se deve a um impasse na negociação da convenção coletiva com a Blumob.

    O anúncio pegou usuários de surpresa e a perspectiva de falta de ônibus nas ruas provocou congestionamentos em vários pontos da cidade. O Sindetranscol, no entanto, seguiu uma determinação judicial que obrigava manter 90% do total de trabalhadores em atividade, sob pena de multa diária de R$ 100 mil.

    Para o prefeito Mário Hildebrandt, a ação do sindicato foi irresponsável. Ele explica que a prefeitura notificou a Blumob para buscar o restabelecimento total do serviço.

    — O sindicato comunicou ontem (quinta-feira), através de uma informação, na minha opinião, fake, dizendo que ia parar o transporte coletivo todo. Gerou um problema sério no trânsito da cidade e acabou parando só parte do transporte coletivo — criticou.

    O impasse nas negociações chegou a ser discutido no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), mas ainda não houve acordo entre as partes. A Blumob diz que nenhum benefício já conquistado pelos trabalhadores será retirado e que o atendimento de todas as exigências feitas pela categoria irá resultar no aumento da tarifa.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas