nsc
    dc

    Investigação no DF

    Operação contra suspeitos de fraudar R$ 1,1 milhão em contas bancárias tem alvo em SC

    Ação foi realizada pela Polícia Civil no Distrito Federal e em mais cinco Estados

    06/02/2020 - 12h25 - Atualizada em: 06/02/2020 - 12h31

    Compartilhe

    Por Guilherme Simon
    Bancos
    (Foto: )

    Uma operação da Polícia Civil deflagrada na manhã desta quinta-feira (6) contra suspeitos de integrarem esquema de fraudes bancárias teve ao menos um mandado judicial cumprido em Santa Catarina. O grupo é apontado como autor de fraudes de pelo menos R$ 1,1 milhão em contas bancárias do Distrito Federal.

    Conforme a Polícia Civil do DF, a força-tarefa cumpriu um total de 50 mandados judiciais, incluindo prisões, buscas e sequestros de bens. A ação fez alvos no DF e em mais quatro Estados além de Santa Catarina: Bahia, Ceará, São Paulo e Paraíba.

    No entanto, até o começo da tarde desta quinta-feira, não tinham sido divulgadas pela polícia informações sobre o número total de detidos e as cidades onde houve prisões.

    Segundo as investigações, os suspeitos se passavam por funcionários de bancos e entravam em contato com os clientes para alertar sobre suposta fraude. Por telefone, eles orientavam as vítimas do golpe a digitarem dados da conta e a senha bancária no teclado do próprio celular.

    Na hora de ligar para as vítimas, os criminosos usavam um recurso que fazia com que o número do telefone oficial de um banco do Distrito Federal aparecesse no identificador de chamadas. O nome do banco não foi informado.

    Ao todo, 37 moradores do DF registraram ocorrência na Polícia Civil relatando o golpe. A estimativa é que o esquema tenha movimentado mais de R$ 1 milhão, mas a polícia acredita que o valor pode aumentar se forem consideradas as vítimas de outros estados. A operação foi batizada de "XCoderX", em referência ao método adotado pelos suspeitos.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas