nsc
santa

Segurança

Operação no Alto Vale prende três suspeitos de participação a assaltos a bancos em Mirim Doce

Agentes efetuaram as prisões e cumpriram os mandados de busca e apreensão na manhã desta quinta-feira em Agrolândia e Pouso Redondo

13/06/2019 - 10h38 - Atualizada em: 13/06/2019 - 13h52

Compartilhe

Redação
Por Redação Santa
(Foto: )

A Polícia Civil de Taió prendeu na manhã desta quinta-feira três homens suspeitos de participação dos assaltos a bancos em Mirim Doce. A Operação Arremate resultou também no cumprimento de dois mandados de busca e apreensão em Agrolândia e Pouso Redondo, no Alto Vale do Itajaí.

Segundo a Polícia Civil, a investigação aponta que os três presos preventivamente nesta operação, são membros do grupo que assaltou uma agência do Banco do Brasil e uma cooperativa de crédito, em 1º de março deste ano.

De acordo com a investigação, que durou cerca de três meses, os três suspeitos teriam participado tanto no planejamento quanto da execução da ação criminosa. Dentre as atividades que eles foram responsáveis, estava o levantamento de informações sobre as agências bancárias e dos policiais da cidade.

A Polícia Civil afirma que durante a fuga, os suspeitos teriam auxiliado os demais criminosos. Eles colocaram miguelitos nas estradas – espécie de armadilha de metal usada para furar pneus de carros –, além de monitorar o rádio da Polícia Militar, para antecipar as ações das forças de segurança.

Na garagem da casa de um dos suspeitos, a Polícia Civil identificou um buraco que teria sido cavado pelos integrantes do grupo durante o planejamento da ação, com a finalidade de ocultar as armas utilizadas nos assaltos, além do dinheiro roubado das agências bancárias.

Operação
Buraco que teria sido cavado pelos integrantes do grupo durante o planejamento da ação
(Foto: )

Segundo o delegado da Polícia Civil de Taió, Jackson Guasselli Pessoa, todo o dinheiro levado já havia sido recuperado em ações posteriores aos assaltos. O nome da operação Arremate faz referência à conclusão das investigações que culminou nas prisões ocorridas nesta quinta-feira, bem como a completa elucidação do roubo ocorrido na cidade de Mirim Doce. Os três suspeitos foram encaminhados para o Presídio Regional de Rio do Sul.

Relembre o caso

O assalto foi registrado por volta das 11h, do dia 1º de março, na sexta-feira de Carnaval. Antes desta operação, já haviam sido capturados quatro pessoas em flagrante pela Polícia Militar e duas morreram em confronto com os agentes durante a fuga.

O bando era formado por um homem da região do Alto Vale do Itajaí e o restante do litoral catarinense. De acordo com a PM, eles portavam pistolas, um fuzil e uma espingarda calibre 12. O dinheiro levado do banco, cerca de R$ 130 mil também foi localizado junto com dois dos suspeitos.

Colunistas