nsc
    dc

    Viver SC

    Ouro Verde é um bom refúgio para quem procura tranquilidade

    A cidade encheu os olhos dos colonizadores por sua imensa quantidade de pinheiros

    27/07/2013 - 13h35 - Atualizada em: 27/07/2013 - 14h27

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    (Foto: )

    Jovem e pujante município do Oeste catarinense, Ouro Verde é abençoado por suas riquezas naturais. Rico até no nome, que foi lapidado por seus desbravadores e continua sendo moldado por sua gente ordeira e batalhadora, que escreve sua história dia a dia com suor e alegria.

    A cidade que encheu os olhos dos colonizadores por sua imensa quantidade de pinheiros, erva-mate e outras madeiras de lei, o verde que se fez ouro e, por isso, assim o batizaram. Depois, o " ouro" brotou da terra e se transformou em grande produtor de grãos: soja, milho, trigo e feijão.

    É dela que se tira o pão que sacia e mata a fome dos que vivem neste chão, pelos incansáveis agricultores. O lema " Ouro Verde de bem com a natureza" faz jus à sua essência, pois tem muitas matas, rios, cachoeiras deslumbrantes e prainhas que alimentam as pequenas usinas hidrelétricas. E a maior riqueza é o povo gentil e hospitaleiro, que faz de Ouro Verde um pequeno espaço desse imenso mundo, agradável de viver, crescer e ser feliz.

    "Aqui, as curvas dos caminhos desviam o barulho da cidade grande". Rosane Minetto Selig, prefeita

    População: 2.259 habitantes

    Localização: Oeste, 72 km de Chapecó

    Área: 189,27 quilômetros quadrados

    Emancipação: 09/ 01/ 1992

    Características: a agricultura é a base da economia local

    Atrativos: turismo rural e ecológico

    Particularidades: cidade sedia o rodeio crioulo, com baile em janeiro

    Curiosidades: Ouro verde recebeu esse nome por ter uma grande quantidade de pinheiros

    Colunistas