nsc
    an

    Saúde

    Paciente com coronavírus na mesma casa: o que fazer para se proteger

    Prefeitura de Joinville divulgou lista de orientações para evitar o contágio por Covid-19 entre familiares

    11/05/2020 - 09h57 - Atualizada em: 11/05/2020 - 10h01

    Compartilhe

    Cláudia
    Por Cláudia Morriesen
    foto mostra mãos de pessoa adulta lavando a mão de uma criança
    Os cuidados com a higiene devem ser redobrados neste período, principalmente se houver pessoa com sintomas de Covid-19 em casa
    (Foto: )

    Fui contaminado pelo coronavírus, ou tenho um parente que vive comigo com os sintomas, o que fazer para proteger os outros ou se proteger? Como evitar que o contágio aconteça dentro de casa? A Prefeitura de Joinville divulgou na manhã desta segunda-feira (11) um guia com as orientações que são passadas pela Secretaria da Saúde de Joinville aos pacientes e familiares de pessoas com testes positivos para Covid-19 (261 já tiveram testes positivos para a doença na cidade, de acordo com o registro do Governo do Estado divulgado em 10 de maio) e para as pessoas com sintomas.

    Tem sido bastante divulgado que a doença é de fácil transmissão, no contato com secreções de tosse, espirro, gotículas da saliva. O contato das mãos com objetos contaminados e depois levadas aos olhos, boca ou nariz é considerado a principal forma de contágio, pois o coronavírus pode sobreviver por horas em diferentes tipos de superfícies.

    Em site especial, leia todas as notícias sobre coronavírus

    Por isso, uma pessoa doente ou com suspeita de estar infectada deve seguir regras específicas de isolamento para outras pessoas não adoecerem. Se compartilhar a moradia, o paciente deve ficar, preferencialmente, em quarto individual e com janela aberta. Se isso não for possível, manter a distância mínima de 2 metros dos demais moradores. O isolamento para o paciente e demais pessoas da casa deve ser respeitado durante 14 dias.

    Uso de máscaras em casa

    Outro ponto importante é o uso de máscara cirúrgica ou de tecido duplo, bem ajustada ao rosto, cobrindo nariz e boca, dentro da casa. As máscaras devem ser trocadas imediatamente, caso ficarem úmidas ou danificadas. E também devem ser trocada por outra limpa a cada 2 horas. A Prefeitura de Joinville está distribuindo duas máscaras, gratuitamente, por CPF em supermercados da cidade.

    Etiqueta da saúde

    A etiqueta respiratória deve ser praticada por todos os familiares, ou seja: cobrir a boca e o nariz durante a tosse e espirros. Usar máscara, lenços de papel ou cotovelo flexionado, seguido de higiene das mãos. Caso a pessoa doente precise de um cuidador, este também deve usar uma máscara. Se for necessário auxílio para a higiene, o cuidador deve utilizar ainda luvas descartáveis.

    A frequência da higienização deve ser intensificada nos objetos e maçanetas. Se o banheiro for de uso em comum, após lavar as mãos, o paciente deve secar com papel toalha, ou usar toalha individual, que não deve ser compartilhada com os demais. O lixo também deve ser separado e descartado com todas as medidas de precaução.

    Joinville se torna a cidade catarinense com maior número de mortes

    Restrições de deslocamento dentro de casa

    O deslocamento da pessoa doente ou com suspeita de contaminação pelo coronavírus dentro de casa deve ser o mínimo possível. Manter os ambientes arejados e não compartilhar sofás, camas e cadeiras com o paciente.

    Evitar visitas de amigos ou parentes, mas tentar manter hábitos agradáveis na rotina, como conversas on-line, leituras, pintura artística, ou outras atividades que sejam possíveis fazer no isolamento.

    O paciente de COVID-19 não deve sair de casa, apenas se surgir um caso de emergência ou piora de sintomas, para atendimento médico.

    Outros cuidados com higiene

    As roupas pessoais, e de cama e banho do paciente devem ser higienizadas com água e sabão, separadamente. Evitar agitá-las e deixar tudo separado dos demais familiares, assim como os outros utensílios, copo, xícara, talheres, pratos, escovas de dentes.

    Cuidar ainda mais da higiene das mãos, antes e depois da preparação dos alimentos, antes de comer, depois de usar o banheiro, antes e após qualquer tipo de contato com o paciente ou com o ambiente no qual ele está.

    Caso o espaço seja compartilhado com o paciente, manter a distância mínima, limpar a casa mais de uma vez por dia, utilizando pano com hipoclorito a 0,2% no chão e todas as superfícies tocadas (mesa, cadeira, armário, maçanetas, portas, brinquedos). Em objetos pessoais, como caneta, celular, chaves, usar álcool 70%.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas