O padre João Bachmann foi vítima de um assalto na manhã desta sexta-feira (5) na casa paroquial da Igreja Santa Inês, no Centro de Indaial. O religioso teria sido surpreendido pelos criminosos por volta das 5h e acabou sendo amarrado pelos bandidos. De acordo com funcionários do local, o padre passa bem.

Continua depois da publicidade

As primeiras informações apontam que foram levados cerca de R$ 48 mil, mas um levantamento detalhado deve confirmar o prejuízo. O carro usado na fuga é da própria paróquia. O Fox prata já foi localizado na cidade de Camboriú. A Polícia Militar tenta encontrar os ladrões.

Padre João Bachmann relembra trajetória e relação com Blumenau

A abordagem

O padre João Backmann contou à PM que rotineiramente sai para caminhar. Nesta manhã, como de costume, desativou o alarme, abriu a porta e quando foi acender a luz da garagem foi surpreendido por três homens, um deles armado.

Continua depois da publicidade

O religioso tentou correr, porém não conseguiu, sendo segurado por um deles e caiu ao chão. Os criminosos teriam dito: “Não iremos te fazer mal, queremos apenas o dinheiro”.

Com receio de algo pior, o padre concordou em abrir a porta da casa e desativar o alarme. Sob ameaça da arma, ele foi amarrado nos punhos e pés. O trio ainda tentou roubar um veículo Nivus, porém não conseguiu sair com o automóvel. Foi então que pegaram o Fox e fugiram.

Durante o assalto o alarme acabou disparando e um segurança privado foi à casa paroquial. Entretanto, também foi rendido pelos ladrões e os assaltantes pegaram os celulares e colete balístico dele.

A Polícia Civil esteve no local e acionou a perícia. Imagens de câmeras de segurança flagraram parte da ação e devem ajudar a identificar os envolvidos no crime.

Continua depois da publicidade

Vídeo flagra fuga de criminosos após assalto contra padre João Bachmann em Indaial

Destaques do NSC Total