nsc
santa

Luto

Pai e filha morrem de Covid-19 em intervalo de cinco dias no Alto Vale

É a primeira vez que a doença causa o óbito de pessoas da mesma família em Taió

11/05/2021 - 10h30

Compartilhe

Talita
Por Talita Catie
Vitor e Rosângela estavam internados em hospitais da região
Vitor e Rosângela estavam internados em hospitais da região
(Foto: )

Pai e filha morreram vítimas da Covid-19 em um intervalo de cinco dias. O caso abalou a pequena cidade de Taió, no Alto Vale do Itajaí. É a primeira vez no município que a doença causa o óbito de pessoas da mesma família.

> Receba notícias do Vale do Itajaí pelo WhatsApp

Rosângela Bridorolli, 38 anos, morreu na madrugada desta terça-feira (11) no Hospital Oase, em Timbó, onde estava desde o dia 24 de abril. Ela é a 21º vítima da Covid-19 em Taió e deixa marido e um filho de apenas um ano e meio.

O pai de Rosângela, Vitor Bridorolli, 67 anos, faleceu na última quinta-feira (6). Ele ficou internado na UTI do Hospital Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Gaspar, e não resistiu às complicações da doença.

A responsável pela Vigilância Epidemiológica de Taió, Virgínia do Prado, conta que a comunidade local está bastante abalada, pois praticamente todos se conheciam.

— Sentimos a dor de cada morte. Sabemos que precisa vacinar pelo menos 70% da população para esses números baixarem, mas infelizmente até chegar nesse ponto vamos perder vidas assim — desabafa.

Outros cinco moradores de Taió estão internados em unidade de terapia intensiva para tratamento da Covid-19. 

Colunistas