nsc
an

Joinville Que Queremos 

Painel do Joinville que Queremos vai discutir mobilidade nesta terça-feira

Evento gratuito será às 19h30, na Unisociesc, com a participação de poder público, universidade e iniciativa privada

30/09/2019 - 16h16

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Jean Vogel, Rafael Bendo e Simone Becker Lopes serão os painelistas
Jean Vogel, Rafael Bendo e Simone Becker Lopes serão os painelistas
(Foto: )

O projeto Joinville que Queremos encerra nesta terça-feira com um painel para discutir a mobilidade na cidade. O evento tem entrada gratuita e acontece a partir das 19h30 no quarto andar da Unisociesc, no campus Marquês de Olinda. Para participar é só confirmar a presença no site.

O painel será mediado pelo repórter Marcos Pereira, da NSC TV, e contará com três convidados. A doutora em engenharia de transportes e professora da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Simone Becker Lopes, vai tratar do papel da universidade no avanço da mobilidade urbana na cidade. Ela foi uma das entrevistadas nas reportagens publicadas na semana passada nos veículos da NSC Comunicação.

— Vou apresentar como a gente pode contribuir com as nossas análises técnicas, projetos, aplicações em disciplinas e através de orientações de TCCs voltados para análises para Joinville. O projeto da prefeitura hoje conhecido como Smart Cities e Smart Mobility nasceu de um TCC aqui na UFSC, por exemplo — explica.

O diretor executivo da Secretaria de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável (Sepud), Rafael Bendo, será outro painelista. Ele vai abordar como a prefeitura vem investindo na mobilidade e quais os planos para o futuro.

— Nós vamos trazer o papel do poder público e da conscientização do usuário. Além disso, vamos falar dos nossos programas e citar exemplos de outras cidades que optaram por modelos multimodais e de transporte ativo para que possamos efetivar uma mobilidade mais inteligente aqui também — antecipa.

O terceiro convidado é o diretor executivo do Ágora Tech Park, Jean Vogel, que vai explicar como a iniciativa privada também pode participar da evolução da mobilidade na cidade, citando exemplos como o projeto Perini City Lab.

— Lançamos esse projeto há pouco mais de 30 dias. É a possibilidade de exploração do Perini Business Park como um grande laboratório para o desenvolvimento de testes e validações para cidades inteligentes. Uma das principais temáticas dentro disso é a mobilidade — conta.

Série de reportagens sobre mobilidade

O painel será a última etapa do projeto Joinville que Queremos. Durante toda a semana passada, o jornal A Notícia, a NSC TV e a Rádio Globo, veicularam reportagens sobre a mobilidade. Foram apresentados exemplos de modelos que já funcionam em outras cidades, como Amsterdã, Tóquio, Viena, Curitiba e Porto Alegre.

Foram tratados de temas como a necessidade de um transporte multimodal, apresentados exemplos de outros meios de transporte implantados em cidades e que deram certo, além da importância da bicicleta e da confiabilidade no transporte coletivo.

Além disso, também foi reeditado o teste de mobilidade que já havia sido realizado em outros anos, em que percorremos um trajeto de 8,5 quilômetros entre os terminais de ônibus Norte e Sul. Testamos quanto tempo e quais as dificuldades que a bicicleta, o carro, a motocicleta e o ônibus têm ao fazer o percurso.

No domingo, ainda ocorreu uma ação durante a Rua de Lazer para incentivar a comunidade a participar do evento se deslocando de bicicleta, skate, patinete ou à pé.

Colunistas