nsc

publicidade

Ensino infantil

Pais fazem fila e acampam para garantir vaga em escolas de Palhoça

Secretaria de Educação do município disse que distribuiu senhas para seis unidades de ensino que estavam com demanda acima do esperado

05/11/2019 - 11h22 - Atualizada em: 05/11/2019 - 11h43

Compartilhe

Lucas
Por Lucas Paraizo
Pais fizeram fila na frente do Grupo Escolar Terezinha Maria Espíndola Martins, no bairro Rio Grande, em Palhoça
Pais fizeram fila na frente do Grupo Escolar Terezinha Maria Espíndola Martins, no bairro Rio Grande, em Palhoça
(Foto: )

A busca por vagas no ensino infantil em Palhoça, na Grande Florianópolis, fez com que pais passassem a noite em fila e até acampando perto de escolas nos últimos dois dias. Os casos foram registrados em pelo menos seis unidades da cidade que estavam com as matrículas abertas para o primeiro ano do ensino básico. A situação foi confirmada pela secretaria de Educação do município, que buscou organizar as filas distribuindo senhas para os pais que estavam aguardando.

Segundo a secretaria de Educação, Shirley Nobre, em entrevista ao Bom Dia Santa Catarina, da NSC TV, os casos foram registrados em bairros de crescimento populacional recente e em escolas com boas notas no Ideb. Um sistema de senhas através da internet, que poderia evitar as filas, ainda não existe no município:

— Sim, nós já deveríamos ter o sistema de senha, mas nós não tínhamosessa demanda como teve esse ano, não havia essa necessidade. Então os pais que não conseguirem a matrícula agora podem retornar para segunda chamada no dia 5 de fevereiro, pois o ano letivo não acabou, nós não sabemos o número de alunos aprovados e reprovados ainda. E lá no dia 5 de fevereiro vai ser por sorteio, então não terá a necessidade de filas. Ontem (segunda-feira, dia 4) nós distribuímos senha, permaneceu esperando quem quis — explicou a secretária.

No bairro Rio Grande a fila de espera para o Grupo Escolar Terezinha Maria Espíndola Martins foi uma das maiores da cidade. Um morador da rua da escola abriu a garagem de casa para dar abrigo aos pais que estavam esperando na chuva. Outros casos de acampamentos na fila foram registrados na região da Barra do Aririú.

Segundo a secretaria Shirley Nobre, a partir de fevereiro de 2020 a prefeitura de Palhoça deve adotar o sistema de fila online.

*Com informações da NSC TV.

Deixe seu comentário:

publicidade