nsc
    santa

    Manifestação

    Pais fazem protesto e pedem por ônibus escolar no bairro Itoupavazinha, em Blumenau

    Segundo a prefeitura, não há legalidade para abrir uma licitação de transporte escolar na região

    22/02/2021 - 08h45 - Atualizada em: 23/02/2021 - 12h20

    Compartilhe

    Brenda
    Por Brenda Bittencourt
    Pais protestaram a Rua Doutor Pedro Zimmermann pela volta do transporte escolar na região.
    Pais protestaram a Rua Doutor Pedro Zimmermann pela volta do transporte escolar na região.
    (Foto: )

    Pais de alunos que estudam na Escola Pedro I, fizeram duas manifestações pedindo por ônibus escolar no bairro Itoupavazinha, em Blumenau. Na manhã desta segunda-feira (22) eles interditaram a Rua Doutor Pedro Zimmermann pedindo pela volta do transporte na linha que leva os alunos à escola. Uma outra manifestação já havia sido feita em frente à Prefeitura de Blumenau no dia 15 de fevereiro.

    > Receba todas as notícias de Blumenau e região no seu WhatsApp. Clique aqui.

    Os moradores do loteamento Jardim Germânico reclamam sobre a falta de segurança e a substituição do transporte até a escola. Agora os alunos precisam utilizar o transporte coletivo convencional para chegar até a unidade de ensino.

    De acordo com o pais, cerca de 300 alunos precisam do transporte escolar para ir estudar. As famílias dizem que o serviço de transporte escolar funcionava bem, no entanto, foi interrompido na volta às aulas deste ano.

    O pai de um dos alunos conta que o transporte era oferecido há 20 anos e antigamente uma taxa era cobrada para que o serviço fosse prestado. Outros pais contam que fazem revezamento para conseguir levar as crianças até a escola, pois têm receio de deixá-los sozinhos no transporte coletivo convencional.

    De acordo com a prefeitura, não há legalidade para abrir uma licitação de transporte escolar na região. Segundo a Secretaria de Educação, Patrícia Lueders, havia uma licitação vigente criada em 2017 que encerrou em dezembro de 2020. A secretaria explica que legalmente só pode haver transporte escolar em locais onde não há transporte coletivo convencional e regiões rurais.

    Sobre a segurança das crianças, a secretaria diz que há outras duas escolas na região. A Olga Rutzen e a Felipe Schmidt e os pais devem optar pela unidade que for mais perto. Segundo a prefeitura, caso a distância entre a casa e a escola seja maior do que três quilômetros, o município irá oferecer o passe escola.

    A secretaria lembra que o deslocamento das crianças de casa até a unidade escolar é de responsabilidade das famílias.

    De acordo com o Seterb, dois novos horários foram disponibilizados para a linha Jardim Germânico, às 11h35 e às 17h05, com saída do ponto de ônibus em frente à Escola Pedro I. Antes, existiam apenas os horários das 7h e 12h50. Todas as linhas e horários podem ser conferidos no site da Blumob.

    Com informações de Maurício Cattani e Valeska Lippel, NSC TV

    Colunistas