nsc
dc

Abastecimento

Para evitar falta de luz e apagões em SC, Celesc faz melhoria na rede

Temporais e ventos fortes durante o verão são principal preocupação da distribuidora

29/12/2019 - 13h42 - Atualizada em: 30/12/2019 - 08h56

Compartilhe

João Lucas
Por João Lucas Cardoso
Com aumento de turistas, Celesc busca garantir abastecimento de energia elétrica com investimentos
Com aumento de turistas, Celesc busca garantir abastecimento de energia elétrica com investimentos
(Foto: )

Para isso evitar a falta de luz em Santa Catarina, a Celesc, principal companhia de distribuição do Estado, explica o investimento feito para assegurar que moradores e turistas não passem por problemas durante a alta temporada. A expectativa da distribuidora é que não haja problemas de queda de energia, mesmo com o aumento forte da demanda, típico desta época do ano.

Os temporais são a principal preocupação da distribuidora quanto a manutenção do abastecimento. Mesmo com investimento, fenômenos climáticos com ventos fortes e muita chuva, por exemplo, podem causar danos na rede. Também por isso, a Celesc aumentou a quantidade de equipes para atender emergências.

Conforme a distribuidora, foram investidos R$ 58 milhões para garantir o abastecimento no litoral e também no interior, mais sujeito aos fenômenos climáticos. Pouco mais de um terço foi aplicado em limpeza e corte em vegetação próximo do sistema de transmissão.

- Esse é um dos investimentos mais importantes para o Verão, tendo em vista que a vegetação que alcança a rede elétrica em temporais é causa de 35% das ocorrências no sistema - justificou o presidente Cleicio Poleto Martins.

A rede de abastecimento foi ampliada com a construção de cinco subestações de energia elétrica, duas delas em Florianópolis e São José e uma em Brusque, para atender a demanda das praias da região do Vale do Itajaí. A distribuidora investiu mais na manutenção do sistema e em prevenção, cerca de 20% a mais que antes da temporada de verão do ano passado.

Em ação integrante da Operação Verão, realizada anualmente, a companhia aumentou a quantidade de equipes para o atendimento de emergência. Segundo a Celesc, o reforço é 50% maior que no ano passado para poder dar conta da demanda em todo o litoral catarinense.

A companhia, ainda, informou que também foram feitos investimentos para o verão em outras regiões, por conta da eventos climáticos como chuvas fortes, tempestades e ventanias, fenômenos típicos do verão.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Cotidiano

Colunistas