nsc

    Meio ambiente

    Parque Ecológico do Córrego Grande não será vendido, afirma Espiridião Amin

    Senador ouviu a declaração do próprio ministro do meio ambiente Ricardo Salles

    27/05/2020 - 09h35 - Atualizada em: 27/05/2020 - 10h17

    Compartilhe

    Por Juliana Gomes
    Parque não será vendido, diz Amin
    Parque não será vendido, diz Amin
    (Foto: )

    O Parque Ecológico do Córrego Grande não será vendido, relatou o senador Espiridião Amin (PP) após ter ouvido a declaração do ministro do meio ambiente Ricardo Salles. Em entrevista ao Notícia na Manhã desta quarta-feira (27) o senador explicou que a decisão do governo federal decorre de um esforço suprapartidário de representantes de Santa Catarina para manter a área cedida ao município de Florianópolis.

    Segundo o vice-prefeito da Capital, João Batista Nunes (PSDB), a intenção do governo de vender a área para a iniciativa privada foi manifestada explicitamente na semana passada, por técnicos do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

    Além de Espiridião, a deputada federal Angela Amin (PP) também conversou com Salles sobre a importância do parque para a comunidade. O senador Dario Berger (MDB) e o prefeito Gean Loureiro (DEM) entraram em contato com a presidência do Ibama para impedir a venda do local.

    - Conseguimos desfazer o equívoco. É verdade que o ministério está fazendo a relação de bens que podem ser vendidos, mas serão, segundo o ministro, somente apartamentos, casas, propriedades da união que deverão ser listadas para alienação – relatou Amin.

    - Este assunto é muito caro para nós, de Florianópolis, que sabemos da relevância do parque, pelo trabalho que desempenha na área social, educacional e ecológica - declarou o senador Dário Berger.

    Segundo Amin, a solicitação para que o espaço continue cedido ao município será elaborada pela prefeitura.

    - Entregaremos em mãos ao ministro para que determine ao Ibama a cessão em comodato e confirme a afirmação que fez no menor prazo possível – afirmou.

    Conforme a prefeitura, o presidente do Ibama Eduardo Bim garantiu que neste momento não haverá nenhuma reintegração de posse contra o município e o desfecho final será dado pelo presidente Jair Bolsonaro à bancada federal de Santa Catarina.

    Ouça a entrevista do senador Espiridião Amin:

    Ouça a entrevista do senador Dario Berger:

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas