nsc

Seu bolso

Petrobrás aumenta gás de cozinha em 5%

Reajuste para as distribuidoras foi autorizado na última sexta-feira de 2019

27/12/2019 - 17h06

Compartilhe

Por Márcio Serafini
gás de cozinha aumenta outra vez
Reajuste para o cosumidor deve variar entre 2% e 3%, mas o preço nos postos de venda é livre
(Foto: )

O gás de cozinha, gás liquefeito de petróleo (GLP) para botijão de até 13 quilos, ficou aproximadamente 5% mais caro. A Petrobras aplicou o reajuste nesta sexta-feira (27) para as distribuidoras do produto. O aumento também se aplica ao chamado gás industrial (embalagens com mais de 13 quilos).

Não é possível mensurar o impacto direto ao consumidor. Como os preços são livres, cada posto de venda tem liberdade para aplicar sua margem de lucro. Em novembro, a média no país era de R$ 69.

A matéria-prima representa pouco mais de metade do preço final do produto. Por isso, a estimativa é de um repasse médio entre 2% e 3% no preço final. Porém, a retração, estagnação ou aumento do consumo também impacta nos valores de mercado.

Desde o início de 2019, o gás de cozinha teve alta acumulada de cerca de 10%. Em outubro, a alta foi de 5%, e em novembro, de 4%. Houve cinco aumentos e uma queda (8,2%) em 2019.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Economia

Colunistas