nsc

    Plano de contingência para pontes de Florianópolis fica pronto em Setembro

    Documento determina quais ações precisam ser executadas no caso de o tráfego ser interrompido ou acontecerem problemas com o fornecimento de serviços

    08/05/2019 - 07h01 - Atualizada em: 08/05/2019 - 11h31

    Compartilhe

    Por Redação CBN Diário

    A Defesa Civil de Florianópolis está elaborando um plano de contingência para lidar com emergências nas pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Salles, em Florianópolis. A ideia do documento é nortear as ações necessárias caso algum incidente aconteça com as estruturas ou com os serviços que passam por elas, como o incêndio na rede de fornecimento de energia que deixou a Capital às escuras por 55 horas em 2003.

    Apesar de a mais antiga das estruturas ter sido inaugurada há mais de quarenta anos, nem ela (a Colombo Salles) nem a Pedro Ivo, entregue em 1991, têm qualquer tipo de estratégia definida para situações críticas. Além do tráfego de cerca de 200 mil veículos por dia, passam por elas redes de telecomunicações, energia elétrica e três adutoras de água de 600 milímetros cada que abastecem a parte insular da cidade.

    — Precisamos ter conhecimento técnico e logístico para saber como agir caso aconteça um problema ou seja necessário fechar total ou parcialmente essas estruturas - afirma o diretor da Defesa Civil de Florianópolis, Luiz Eduardo Machado.

    Ainda não há a definição de quais medidas poderão ser adotadas, mas as autoridades não descartam a implantação de um transporte marítimo emergencial, rodízio de veículos e a utilização da ponte Hercílio Luz caso seja necessária algum bloqueio no trânsito.

    O estudo, segundo Machado, está sendo desenvolvido agora mas não tem nenhuma relação com a reforma das duas pontes, cuja ordem de serviço foi assinada em fevereiro deste ano.

    Ouça a entrevista concedida pelo diretor ao Notícia na Manhã desta quarta-feira (8).

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas