publicidade

Polícia
Navegue por

Violência 

Polícia investiga suposto homicídio seguido de suicídio em Balneário Camboriú

Homem teria matado a ex-cunhada e tirado a própria vida. Ex-companheira dele foi localizada no início da tarde de sábado

12/01/2019 - 12h19 - Atualizada em: 13/01/2019 - 20h55

Compartilhe

Redação
Por Redação Santa

Um homem teria matado a ex-cunhada e cometido suicídio em seguida na madrugada deste sábado em Balneário Camboriú. O crime ocorreu por volta das 2h45min em uma casa na Rua 1500, no Centro. A polícia foi chamada depois que moradores ouviram disparos.

Em um cômodo do piso superior da residência foi encontrado o corpo de Silvana Pereira, 44 anos. Em outra peça estava o corpo de Leomar da Silva, 36 anos. A arma estava embaixo do homem, segundo o delegado Ícaro Freitas Malveira.

A polícia procurou ao longo do sábado pela ex-companheira de Leomar, chamada Michele, 38 anos. Ela tem medida protetiva contra ele e está desaparecida. Buscas foram feitas na casa do homem, mas no local nada foi encontrado.

No início da tarde de sábado, um familiar procurou a Polícia Civil para informar que Michele havia sido encontrada e estava bem. Ela estaria em estado de choque em função da morte da irmã e teria sido levada a um hospital.

Na casa do suposto autor do crime a Polícia Civil fotografou escritos, mas ainda não há informações sobre o que teria levado o homem a matar a ex-cunhada. A investigação vai ficar a cargo da Delegacia da Comarca de Balneário Camboriú, a partir desta segunda-feira.

O suspeito já teria sido preso em dezembro do ano passado por ocorrência de violência doméstica, mas foi solto, segundo o delegado Malveira. Quem tiver informações pode repassar pelo telefone 47 3367-0262.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação