publicidade

Crime ambiental

Polícia Militar descobre rinha de galo em Ibirama e prende homem por maus-tratos  

Os policiais encontraram 22 aves com ferimentos e cicatrizes, que teriam sido causadas pela prática ilegal 

23/03/2019 - 11h13

Compartilhe

Redação
Por Redação Santa
(Foto: )

A Polícia Militar resgatou 22 galos em um local de rinha, muitos deles feridos, na manhã desta sexta-feira em Ibirama. O proprietário dos animais, um homem de 42 anos, foi detido por crime ambiental.

Segundo a PM, uma guarnição foi até uma propriedade na Rua Princesa Isabel e constatou a situação dos animais. Cerca de 22 galos estavam aprisionados no porão da residência, todos com sinais de maus-tratos, apresentando ferimentos e cicatrizes.

Os policiais também teriam encontrado medicamentos veterinários acondicionados de maneira inadequada. Na residência haviam artefatos de metal utilizados para ferir os animais durante a rinha, além de uma pequena arena que servia de palco para as brigas.

Um veterinário da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) compareceu no local e decidiu por sacrificar as aves. Todo o material foi apreendido e um Termo Circunstanciado foi lavrado. O proprietário das aves responderá pelo crime de maus tratos aos animais.

Deixe seu comentário:

publicidade