nsc
santa

Vermelho

Por que Blumenau e região permanecem em risco gravíssimo para a Covid-19

Enquanto maioria das regiões está no nível grave, Médio Vale não sai do gravíssimo há dois meses

04/08/2021 - 05h32

Compartilhe

Bianca
Por Bianca Bertoli
Vale e Foz do Rio Itajaí permanecem no nível gravíssimo
Vale e Foz do Rio Itajaí permanecem no nível gravíssimo
(Foto: )

Parece até contraditório. De um lado, dados sinalizam uma melhora na situação da pandemia em Blumenau. De outro, os números empurram a região para a pior classificação no mapa de risco do coronavírus, permanecendo na cor vermelha há dois meses. Afinal de contas, por que o Médio Vale do Itajaí não sai do nível gravíssimo há semanas?

> Receba notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp

Enquanto outras regiões do Estado apresentaram melhora no mapa de risco nas atualizações mais recentes, Blumenau e região continuam entre os poucos que têm o pior cenário. Além do Médio Vale, a Foz do Itajaí-Açu (entorno de Itajaí), o Alto Vale do Rio do Peixe e o Nordeste catarinense estão classificados em risco gravíssimo.

O motivo? Os cientistas de dados levam em consideração alguns itens para determinar o grau de risco de cada ponto do mapa, como taxa de ocupação em UTI, mortalidade, transmissibilidade e vacinação. 

No caso de Blumenau e região, apesar dos números começarem a apontar queda, na semana passada a transmissibilidade e espaços utilizados em UTIs possuíam nota máxima na metodologia do Estado.

Atualmente, conforme dados do governo, 75% dos leitos SUS estão ocupados em todo o Vale. No Hospital Santa Isabel, em Blumenau, o índice é de 100%. No Santo Antônio, 95%. No Hospital Beatriz Ramos, em Indaial, 88%. Sem tréguas nas unidades, a nota mais elevada é inevitável.

Quatro regiões do Estado estão em risco gravíssimo
Quatro regiões do Estado estão em risco gravíssimo
(Foto: )

Outro ponto crítico é a transmissibilidade, que analisa a capacidade de infecção na população. Com esses dois itens no vermelho, a nota do Médio Vale se mantém alta, o que impede uma melhora de nível. A última vez que a região esteve em risco grave, a cor laranja, foi no começo de junho.

Conforme a vacinação avança, a tendência é que os dados comecem a ser positivos. Porém, os cuidados preventivos com distanciamento, higienização das mãos e uso de máscara precisam continuar. 

Até quando ainda não é possível saber. 

Coronavírus no Médio Vale

Blumenau e região somam quase 126 mil casos confirmados de Covid-19 desde a chegada da pandemia, de acordo com dados do Estado. São mais de 1.300 casos ativos e a quantidade de mortos ultrapassa os 1.500 óbitos. A taxa de ocupação em UTIs é de 76%, ainda segundo os dados do governo do Estado desta terça-feira (3). 

Veja também

> Mapa Covid de SC hoje: veja em mapa e dados por cidade como está a situação da pandemia

> Calendário da vacina: veja dados da vacinação em cada município de SC no Monitor da Vacina

Colunistas