nsc
santa

Pandemia

Total de casos ativos de Covid-19 em Blumenau é o menor desde outubro de 2020

Dados divulgados pela prefeitura mostram 470 pacientes em tratamento, menor indicador em quase 10 meses

02/08/2021 - 07h44

Compartilhe

Augusto
Por Augusto Ittner
Vacinação é a saída para a pandemia, apontam especialistas.
Vacinação é a saída para a pandemia, apontam especialistas.
(Foto: )

O número de casos ativos de Covid-19 em Blumenau chegou neste domingo (1º/8) ao menor patamar desde outubro do ano passado.

Conforme dados divulgados pela prefeitura, são 470 pacientes em tratamento para a doença, o que corresponde a 11 dias consecutivos de queda. É a primeira vez que esse indicador fica abaixo de 500 em quase 10 meses, o que pode significar uma estabilização da pandemia do coronavírus na cidade.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp. Clique aqui

Entre setembro e outubro de 2020, Blumenau viveu os dias mais “tranquilos” desde que a primeira onda ocorreu, na metade do ano passado. À época, o número de casos ativos chegou a ser de 249. Além disso, por dois dias seguidos o total de blumenauenses internados em UTI era de apenas cinco, um contraste a agosto, quando houve superlotação dos hospitais e abertura dos chamados “leitos de guerra”.

Agora, apesar de os números indicarem um cenário positivo, ainda há muitos moradores da cidade internados em estado grave: 35. Houve diminuição em relação à semana anterior, quando chegaram a ser 47, porém longe de igualar os patamares de outubro de 2020. Conforme a Secretaria Municipal de Saúde, o percentual de ocupação de UTIs é de 65,2%.

> Leia também: Empréstimo de R$ 320 milhões para obras em Blumenau deve sair ainda em 2021

> E mais: Blumenau defende segundo semestre com todos os alunos em sala de aula

Outro indicador que registrou queda foi a média móvel de novos diagnósticos para Covid-19 em Blumenau. Neste domingo (1º/8), eram 89,7 testes positivos diários em média, o que corresponde a uma diminuição de 44% em duas semanas. Além disso, a cidade teve quatro dias consecutivos com número de novos casos abaixo de 100, o que não ocorria desde a primeira quinzena de maio.

"Melhora expressiva"

A infectologista Sabrina Sabino avalia que os números em melhora gradativa representam, sim, um impacto da vacinação, principalmente entre aqueles que no começo da pandemia não eram considerados “grupo de risco”:

— Os números de Blumenau, bem como do Brasil, demonstram uma melhora expressiva quanto a novos casos. Estamos nos caminhando para uma redução ainda maior nos próximos dias por conta de a vacinação avançar justamente na população que é a faixa etária que mais contribui para a disseminação do vírus.

Sabrina, porém, mantém o alerta:

— Não podemos esquecer que estamos com a nova variante Delta, mais agressiva e transmissível, por isso ainda não é o momento de esquecermos dos bons hábitos de distanciamento. Quem vacinou deve ter o mínimo de sensatez e manter a máscara no rosto — apela a infectologista blumenauense.

De acordo com dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde, são 62.166 casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemia em Blumenau. Desses, 61.101 (98,3%), são considerados recuperados da doença. O município soma 595 mortes, o que corresponde a uma taxa de letalidade de 0,96%. Os dados de casos ativos têm uma diferença em relação aos números do governo do Estado, por conta do atraso de alguns dias para a atualização dos indicadores.

Veja também

> Mapa Covid de SC hoje: veja em mapa e dados por cidade como está a situação da pandemia

> Calendário da vacina: veja dados da vacinação em cada município de SC no Monitor da Vacina

Colunistas