O bilionário Elon Musk tem vários negócios que chamam a atenção. Desde a Starlink até o X, mas recentemente o Cybertruck, caminhonete da Tesla, que é considerada indestrutível. Contudo, esse sistema pode trazer muitas dúvida, principalmente como ele chegou nesse resultado e como dissipa a energia de uma possível bstida. Confira.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do Hora no Google Notícias

Clique e participe do canal do Hora no WhatsApp

Confira as fotos do Tesla Cybertruck

Continua depois da publicidade

Como o Cybertruck se tornou “indestrutível”?

Primeiramente, precisamos entender como o carro consegue não amassar em caso de impacto. É possível ver nos vídeo promocionais da picape elétrica mostram que o carro segue intacto com impactos diversos. Além disso, Elon Musk chegou a garantir que o veículo era à prova de balas. 

Isso acontece pois a construção foi feita em aço inoxidável, que em teoria suporta batidas sem amassar. De acordo com o site oficial da Tesla, essa estrutura pode conter danos e evitar corrosões de longo prazo. 

O vidro também é muito resistente, e mudou bastante depois de uma gafe acontecida em 2019. Quando o vidro quebrou na apresentação oficial do carro. Recentemente, o site Carbuzz revelou que a empresa estava trabalhando nisso. Segundo a descrição da patente será um vidro com muitas camadas, algo que o torna com uma durabilidade maior.

Continua depois da publicidade

O carro indestrutível é mais perigoso?

Entretanto, essa característica gera receio em especialistas quanto a segurança dos passageiros do carro indestrutível da Tesla. Isso ocorre pois o carro possui energia cinética quando se movimenta. Porém, quando o carro para de forma repentina, essa energia é dissipada e absorvida pelas peças. Por isso amassam.

De acordo com Sônia Guimarães, professora de física do Instituto de Tecnologia Aeronáutica, esse sistema evita que os efeitos sejam piores. “A energia é dissipada na batida, sendo absorvida pelas peças. Então, quando a gente vê os carros amassando, quebrando, isso é para impedir que as pessoas que estão no veículo sejam atingidas”, disse a especialista ao G1.

Além disso, a agência de notícias Reuters fez um levantamento com seis especialistas em segurança automobilística. Segundo eles, o grande perigo desses carros indestrutíveis de Elon Musk é que o impacto de pedestres no aço inoxidável da estrutura podem causar ferimentos graves. 

Continua depois da publicidade

Leia mais

Oficina de SC é pioneira no Brasil para manutenção do Tesla Cybertruck, carro de Elon Musk

Por que o código de barras revolucionou o comércio?

Destaques do NSC Total