nsc

    Prejuízo

    Postos de combustíveis perdem R$ 10 milhões na Grande Florianópolis, diz sindicato

    Queda na circulação durante a quarentena derrubou faturamento

    27/04/2020 - 15h18

    Compartilhe

    Mateus
    Por Mateus Boaventura
    .
    (Foto: )

    Durante os primeiros 30 dias de quarentena da Covid-19 na Grande Florianópolis, os postos de combustíveis acumulara um prejuízo de R$ 10 milhões. O levantamento é do Sindópolis (Sindicato de Comércio Varejista de Combustíveis Minerais de Florianópolis). O vice-presidente do Sindicato, Joel Fernandes, disse que o valor médio de perda é de R$ 50 mil por estabelecimento.

    ​​​​> Em site especial, saiba tudo sobre o novo coronavírus

    Preço da gasolina

    O preço médio da gasolina caiu 50% nas refinarias brasileiras desde janeiro, mas a redução nas bombas para o consumidor foi de apenas 10% nos postos de combustíveis de Santa Catarina nesse mesmo período de 2020.

    Segundo Fernandes, as reduções nas refinarias ocorrem sobre o preço bruto da gasolina, onde não incidem sequer os impostos – somente o ICMS responde por 25% do preço do produto em SC.

    — Essa redução não é no preço da bomba, é no preço que a Petrobras produz, e nesse preço não tem nem os impostos — reforça o dirigente.

    Na composição do preço, além do valor bruto da gasolina pesam também os impostos, os custos dos postos e, mais recentemente, o fator pandemia.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas