nsc
dc

Qualidade das praias

Praia própria para banho em SC não é sinal para aglomeração, alerta IMA

Instituto do Meio Ambiente voltou a medir a balneabilidade das praias de SC após interrupção pela pandemia

22/12/2020 - 05h00

Compartilhe

Lucas
Por Lucas Paraizo
Balneabilidade praias de SC
Qualidade das praias é divulgada semanalmente durante o verão
(Foto: )

O verão começou em Santa Catarina com 72% dos pontos analisados nas praias em condições próprias para banho. O índice está dentro da média do controle feito no Litoral pelo Instituto do Meio Ambiente (IMA), que retomou as análises após um ano de interrupção por causa da pandemia do coronavírus.

> Coronavírus: Entenda o que pode e o que não pode em SC

O IMA costuma fazer análises mensais de balneabilidade em todo o litoral catarinense durante o ano e intensifica o trabalho para relatórios semanais durante a temporada de verão. Em 2020, no entanto, entre meados de março e setembro a análise foi suspensa pelo órgão. Para compensar esse tempo, o IMA antecipou o início das pesquisas semanais para outubro e começa o verão com uma série de trabalhos prontos, feitos nas últimas semanas. 

O órgão ambiental faz as coletas com apoio do Corpo de Bombeiros em 231 pontos espalhados pelo 500 km do litoral catarinense. Os resultados indicam se a água da praia está própria ou não para banho, e a informação é divulgada nas tradicionais placas fixadas na areia. Mas neste ano o “sinal verde” concedido pelos avisos de balneabilidade merece um alerta diferente.

— Embora tenham praias próprias para banho, a gente divulga por questão de saúde pública, para que as pessoas respeitem. Mas além disso, pelo coronavírus pedimos que as pessoas respeitem também os regramentos sanitários. É interessante que não tenha aglomeração, mesmo nos locais próprios para banho — avisa o gerente de laboratório e medições ambientais do IMA, Marlon da Silva.

Cuidados na coleta

Diferentemente de outros estados que reduziram a frequência das análises ou o número de equipes envolvidas, em Santa Catarina o IMA se planeja para manter o ritmo tradicional de controle do litoral neste verão marcado pela pandemia do coronavírus.

Segundo Marlon, o órgão tem seguido uma série de restrições e reforçou o cuidado no trato das amostras:

— Essas amostras vêm de 231 pontos, passam pela mão de muitas pessoas. Tem que ter cuidado com a recepção. Acreditamos que conseguimos, da forma que estamos operando, fechar a temporada toda.

> SC registra total de 4.771 mortes por coronavírus; veja números atualizados

Por causa da redução do número de pessoas nas praias, alguns estados litorâneos notaram uma melhora na qualidade das praias em 2020. Foi o caso da Paraíba, que dobrou o número de pontos próprios em comparação ao ano passado.

Em SC, essa diferença não foi sentida, e as análises seguem na média de 25% a 30% de locais impróprios. As próximas semanas, no entanto, podem marcar diferenças para os anos anteriores.

— Vai depender muito da semana entre Natal e a virada de ano. É o fiel da balança, se nós tivermos uma grande movimentação e uma liberação de determinados comportamentos — aponta o gerente do laboratório de medições ambientais.

Os relatórios de balneabilidade e a situação das praias de SC podem ser conferidos no site balneabilidade.ima.sc.gov.br.

> De Olho no Verão: conscientização no combate à pandemia deve ganhar força na temporada em SC

> MP entra na Justiça para obrigar Estado a limitar hotéis e proibir festas de fim de ano

Colunistas