nsc
    santa

    Consumidor

    Preço da gasolina passa de R$ 5 nos postos de Blumenau

    Reajuste anunciado pela Petrobras nesta quinta-feira (18) já impacta no valor pago nas bombas

    19/02/2021 - 09h26

    Compartilhe

    Augusto
    Por Augusto Ittner
    Posto no Centro de Blumenau já vende a gasolina comum a R$ 5,199.
    Posto no Centro de Blumenau já vende a gasolina comum a R$ 5,199.
    (Foto: )

    Já chegou ao consumidor de Blumenau o novo aumento no valor dos combustíveis anunciado pela Petrobras.

    O preço da gasolina comum, por exemplo, amanheceu nesta sexta-feira (19) acima de R$ 5 nos postos da cidade. Em cinco estabelecimentos consultados pela reportagem do Santa, o litro da comum é comercializado entre R$ 5,09 e R$ 5,19. Já a aditivada, chega a R$ 5,29, enquanto diesel comum e o S10 vão de R$ 4,16 até R$ 4,19.

    > Receba notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Santa

    O reajuste de 10% na gasolina e de 15% foi confirmado durante a manhã desta quinta-feira (18) pela estatal. Com isso, o preço nas refinarias sofreu um aumento imediato de R$ 0,23 e R$ 0,34, respectivamente. 

    Ao todo, desde 1º de janeiro deste ano, o valor da gasolina subiu 34,8%, enquanto o do diesel, 27,7%. Para o consumidor, esse impacto é ainda maior. Já são quatro aumentos seguidos.

    Todos os postos consultados pela reportagem sinalizaram que o novo reajuste já foi aplicado nos novos carregamentos que chegaram nesta sexta-feira (19) e que, por isso, o aumento foi repassado aos motoristas e motociclistas.

    Entenda

    O preço cobrado nas refinarias da Petrobras corresponde a cerca de 33% do preço pago pelos consumidores finais da gasolina e a 51% do preço final do diesel, segundo a estatal.

    A companhia explica que "até chegar ao consumidor são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biocombustíveis, além das margens brutas das companhias distribuidoras e dos postos revendedores de combustíveis".

    > Leia também: 6 cachoeiras para visitar no Vale do Itajaí pagando pouco ou nada

    > E mais: 10 lugares para conhecer em Santa Catarina

    Os preços praticados nas refinarias da Petrobras são reajustados de acordo com a taxa de câmbio e a variação do preço internacional do petróleo, negociado em dólar.

    Desde janeiro, a Petrobras já reajustou três vezes o preço do diesel e quatro vezes o da gasolina, que tinha o valor médio de R$ 1,84 em 29 de dezembro e chegará a R$ 2,48 com o reajuste que vigora a partir de amanhã.

    Em 18 de janeiro, a estatal anunciou um aumento médio de R$ 0,15 para a gasolina e manteve o preço do diesel. No dia 26 do mesmo mês, um novo reajuste elevou o preço nas refinarias em R$ 0,10 para a gasolina e em R$ 0,09 para o diesel.

    Já em 8 de fevereiro, foi anunciado um aumento de R$ 0,17 para a gasolina e de R$ e de 0,13 para o diesel.

    Bolsonaro diz que vai zerar impostos sobre gás e diesel

    O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (18), durante sua live semanal nas redes sociais, que o governo decidiu zerar os impostos federais que incidem sobre o gás liquefeito de petróleo (GLP) – o gás de cozinha – e o óleo diesel.

    A suspensão sobre o gás será definitiva. Já a interrupção na cobrança federal sobre o diesel terá duração de dois meses. As medidas foram decididas em uma reunião do presidente com a equipe econômica, ocorrida durante a tarde, e passam a valer no próximo mês.

    Colaborou Brenda Bittencourt

    Com informações de Agência Brasil

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas