nsc
    an

    Trânsito

    Prefeito assina decreto que institui novo estacionamento rotativo em Joinville

    Novo modelo é gratuito e prevê aplicação de multas a quem ultrapassar o tempo limite permitido

    27/03/2019 - 13h45 - Atualizada em: 27/03/2019 - 16h56

    Compartilhe

    Hassan
    Por Hassan Farias
    foto mostra auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Joinville no evento de assinatura do decreto
    Assinatura ocorreu na sede da CDL de Joinville
    (Foto: )

    O novo estacionamento rotativo deve começar a operar dentro de 30 dias na região central de Joinville. O prefeito Udo Döhler assinou ontem o decreto que institui o novo sistema gratuito, que contará com 905 vagas distribuídas em 21 ruas. Os motoristas não precisarão pagar para estacionar e apenas estarão sujeitos a multa em caso de descumprimento do horário permitido de permanência nas vagas

    Nos próximos dias, a Prefeitura deve começar a sinalizar as vagas, com pintura de faixas e placas, para depois colocar em prática o novo modelo. Serão 15 dias de orientação aos motoristas para, até o fim de abril, começar a fiscalização com multas para quem infringir as regras do novo sistema.

    Em um primeiro momento, haverá oferta de 764 espaços para estacionar, já que os demais estão localizados em quatro ruas por onde passam as obras de macrodrenagem do rio Mathias. O período de uso das vagas será de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 18h30, e aos sábados, das 8 às 13 horas.

    Os motoristas não poderão passar do tempo limite nas vagas, que varia de 1 a 2 horas, de acordo com a categoria (carros, motos ou caminhões, por exemplo). Também não será possível usar uma mesma vaga por mais de uma vez no mesmo dia. Quem infringir as regras poderá ser multado em R$ 195,23, ganhar cinco pontos na carteira e ter o carro guinchado do local, como prevê o Código de Trânsito Brasileiro.

    O sistema será operado por meio de tablets, em que haverá o controle de todas as vagas do rotativo. Os agentes poderão acompanhar quais estão ocupadas e aquelas em que o veículo ultrapassou o limite de tempo permitido. Serão dez agentes de trânsito totalmente dedicados à fiscalização. Porém, os demais agentes do Departamento de Trânsito (Detrans) e da Guarda Municipal também poderão autuar os motoristas.

    Segundo o presidente do Detrans, Bráulio Barbosa, também será desenvolvido pelo município uma maneira de disponibilizar para a população um sistema semelhante ao dos agentes. O objetivo é que o motorista possa visualizar onde há vagas livres e quais estão ocupadas.

    Expectativa de aumento da movimentação no Centro

    Após a assinatura do decreto, o prefeito Udo Döhler afirmou que o novo estacionamento rotativo vai permitir, em um primeiro momento, aumentar em cinco vezes a movimentação de usuários no Centro. Ele também garantiu que a expectativa do município é aumentar o número de vagas ao longo do tempo, chegando aos 1,6 mil espaços que haviam antes da suspensão do antigo modelo, em 2013.

    — Isso vai ser muito bom para o comércio e acaba coincidindo também com esse momento em que estamos buscando a revitalização do Centro. Mais para frente, isso ainda vai nos oferecer mais condições de segurança na região com a presença dos agentes de trânsito e Guarda Municipal — ressaltou.

    CDL aprova novo modelo de estacionamento

    O presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), José Manoel Ramos, aprovou o novo modelo de estacionamento rotativo. Ele ressaltou que essa era uma reivindicação antiga da entidade e a volta do sistema vai ajudar o comércio da região central.

    — Para nós é muito importante porque dá uma vida nova para o Centro, trazendo uma oxigenação das pessoas que buscam a região como destino. Vamos ter as pessoas circulando e não mais os carros parados o dia inteiro no mesmo local, como vemos hoje — avaliou.

    Tempo de permanência

    O tempo máximo de permanência na mesma vaga varia de 1 hora até 2 horas, de acordo com a área estabelecida. A informação constará nas placas de sinalização de regulamentação. Após passado esse tempo, o condutor é obrigado a retirar o veículo da vaga. A mesma vaga só poderá ser utilizada uma única vez no dia pelo usuário.

    Fiscalização

    A fiscalização do tempo de permanência das vagas será feita pelos agentes do Departamento de Trânsito também pode ser realizada pela Guarda Municipal. Serão usados equipamentos de tecnologia para realizar o monitoramento da ocupação das vagas.

    Infração

    O condutor do veículo que estiver fora do tempo de permanência estipulado ou em desconformidade com a sinalização do local será autuado por infração de trânsito com base no Código de Trânsito Brasileiro, por estacionamento irregular (R$ 195,23 e cinco pontos na carteira). O veículo poderá ser guinchado do local.

    Período de orientação

    Será estabelecido o prazo de 15 dias, após a implantação do sistema rotativo, para ação orientativa dos agentes de trânsito aos motoristas sobre o uso dos espaços. Durante esse período, os condutores que forem flagrados estacionados irregularmente não serão autuados. Após esse período, os motoristas começarão a ser multados se infringirem as regras estabelecidas.

    Horários de funcionamento

    Segunda a sexta-feira: 8h30 às 18h30

    Sábados: 8 às 13 horas

    Vagas

    Total de vagas: 905

    Carros: 758

    Caminhões: 30

    Idosos: 33

    Deficientes: 22

    Motos: 35

    15/30 minutos com alerta ligado: 27

    Classificação das áreas

    Zona Azul:

    - Automóveis, camioneta e utilitários. Caminhonete, com capacidade de carga útil de até uma tonelada.

    - Tempo máximo: 2 horas

    - Vagas: 758

    Zona Amarela:

    - Caminhonete, caminhão, reboque e semirreboque, com capacidade de carga útil de até cinco toneladas.

    - Tempo máximo: 1 hora

    - Vaga: 30

    Motos:

    - Ciclomotor, motoneta, motocicleta e triciclo

    - Tempo máximo: 2 horas

    - Vagas: 35

    Alerta ligado:

    - Veículos com uso obrigatório do pisca-alerta ativado

    - Tempo máximo: 15 minutos ou 30 minutos, de acordo com o local

    - Vagas: 27

    Deficientes físicos:

    - Veículos que transportem pessoas com deficiência ou comprometimento de mobilidade, mediante o uso da credencial

    - Tempo máximo: 2 horas

    - Vagas: 22

    Zona Verde (Idosos):

    - Veículos que transportem idosos, mediante o uso da credencial

    - Tempo máximo: 2 horas

    - Vagas: 33

    Veículos isentos de infração:

    - Socorro de incêndio e salvamento, polícia, de fiscalização e operação de trânsito e as ambulâncias.

    Casos especiais:

    - O uso das vagas, por tempo diferente ao limite regulamentado, para atendimento de serviços que exijam a utilização extraordinária, inclusive por caçambas e demais equipamentos, depende de prévia autorização do Departamento de Trânsito (Detrans).

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas