nsc

publicidade

Política

Prefeitura de Blumenau anuncia fechamento da URB; 642 funcionários serão demitidos

Município garante ter recurso em caixa para pagar rescisões. Empregados deixarão de trabalhar na segunda-feira

08/03/2019 - 09h26 - Atualizada em: 08/03/2019 - 10h06

Compartilhe

Augusto
Por Augusto Ittner
(Foto: )

A prefeitura de Blumenau anunciou na manhã desta sexta-feira que a Companhia Urbanizadora da cidade (URB) será desativada a partir da próxima semana. Ao menos 642 funcionários que fazem parte do quadro da empresa serão demitidos, e o município garante ter em caixa o valor necessário para pagar as rescisões – montante avaliado em cerca de R$ 12 milhões.

A decisão do Executivo pegou muitas pessoas de surpresa. Havia a expectativa de que a primeira parte da reforma administrativa proposta pelo prefeito Mário Hildebrandt (sem partido) englobasse a troca de nomes no primeiro e segundo escalão do governo municipal, o que não se confirmou. A mudança foi mais impactante e resultará no fechamento da tradicional companhia fundada em 1971 e que completaria no dia 25 deste mês 48 anos.

Criada pelo prefeito Evelásio Vieira, a URB tinha o objetivo de estudar, projetar, executar e financiar obras e serviços de urbanização em Blumenau. Chegou a ter uma usina de asfalto própria, que hoje não funciona. Afundada em dívidas e com um prejuízo estimado de R$ 12 milhões para este ano, a companhia se tornou insustentável, o que motivou a discussão para o seu fechamento.

Nesta sexta-feira pela manhã a prefeitura de Blumenau deve dar outros detalhes a respeito do fechamento da empresa e dos trâmites a partir de agora – contratação emergencial de outras empresas, impacto financeiro, ativos e passivos da empresa, entre outros.

Colaborou Adriano Lins

Deixe seu comentário:

publicidade