nsc

publicidade

Sem aulas

Prefeitura de Florianópolis decide interditar escola com rachaduras no bairro Costeira

Parte da Escola Anísio Teixeira já tinha sido fechada em outubro de 2018

25/05/2019 - 18h53

Compartilhe

Redação
Por Redação Hora
Secretaria da Educação diz que alunos não vão perder o ano letivo, apesar do problema
Secretaria da Educação diz que alunos não vão perder o ano letivo, apesar do problema
(Foto: )

A Prefeitura de Florianópolis decidiu interditar completamente a Escola Básica Municipal Anísio Teixeira, no bairro Costeira do Pirajubaé. A determinação foi divulgada neste sábado (25). Com isso, as aulas previstas para segunda-feira (27) estão suspensas. A escola atende cerca de 550 alunos, entre estudantes de educação infantil, ensino fundamental e educação de jovens e adultos.

Em outubro de 2018, uma das salas da escola foi fechada, depois do surgimento de rachaduras. O problema foi crescendo até que, em abril deste ano, a área interditada foi aumentada. Agora, o problema se estendeu por toda a escola.

Segundo a prefeitura, desde que os problemas surgiram, geólogos e engenheiros vêm trabalhando no local, para tentar determinar as causas do problema. Um laudo chegou a ser divulgado, mas a administração municipal diz que os resultados ainda são inconclusivos.

Com o fechamento da escola, a prefeitura marcou uma reunião para segunda-feira, a partir das 8h30min, com a participação da Defesa Civil e da associação de moradores da Costeira do Pirajubaé. No encontro, devem ser explicados à comunidade os motivos que levaram ao fechamento da unidade e quais serão as alternativas para os alunos.

A Secretaria Municipal de Educação reforçou ainda que nenhum estudante perderá o ano letivo devido aos problemas estruturais da escola.

Deixe seu comentário:

publicidade