nsc
    an

    Desabrigados

    Prefeitura fornece abrigo a moradores que tiveram casas interditadas em Joinville

    Apenas uma família optou por utilizar o local, que fica no CEI Zilda Arns, no Parque Guarani

    16/03/2019 - 16h16 - Atualizada em: 16/03/2019 - 16h18

    Compartilhe

    Redação
    Por Redação AN
    Vílson Mendes e Ivânia Baloni estão abrigados no CEI Zilda Arns
    (Foto: )

    As duas famílias que tiveram suas casas interditadas por conta das chuvas da última sexta-feira (15) receberam acolhimento no Centro de Educação Infantil (CEI) Zilda Arns, no Parque Guarani. O espaço foi fornecido por meio da Prefeitura de Joinville.

    De acordo com o secretário de Assistência Social, Vagner de Oliveira, somente uma das famílias aceitou o acolhimento. A outra, composta por três pessoas, optou por permanecer em casa de conhecidos.

    Foram fornecidos materiais e suprimentos ao casal abrigado, como alimentos, camas e produtos de higiene pessoal. Além disso, também há um trabalho da Assistência Social para prepará-los para o recebimento do subsídios do Aluguel Social.

    - Esse é um critério nosso e a prioridade do município é dar encaminhamento a essa família - completa o secretário em entrevista à NSC TV.

    A casa do casal foi interditada pela Defesa Civil por conta do risco de deslizamento de um barranco que fica aos fundos.

    - Nós vamos apurar isso com mais afinco com o intuito de devolvê-los a sua residência. Não é interesse do município que eles permanecem no Aluguel Social, mas sim, que eles fortalecem seus vínculos e voltem para a residência - diz.

    Mesmo tendo perdido quase tudo, a vontade do aposentado Vílson Mendes e da diarista Ivânia Baloni era de permanecer em casa.

    - Mesmo estando bem tratada aqui, eu queria ficar lá em casa cuidando das minhas coisinhas - afirma Ivânia.

    Caso exista identificação de mais famílias passando pela mesma situação, o encaminhamento será o mesmo. O CEI Zilda Arns foi aberto para atender famílias da zona Sul, mas em caso de mais ocorrências, outros abrigos podem ser ativados para atender demais moradores de outras regiões.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas