nsc

publicidade

Religião

Procissão de Senhor Bom Jesus leva milhares de fiéis às ruas de Araquari

Cerca de sete mil pessoas participaram de cortejo na tarde desta terça-feira

06/08/2019 - 18h14

Compartilhe

Luan
Por Luan Martendal
Cortejo de Senhor Bom Jesus leva milhares de fiéis as ruas de Araquari
Cortejo de Senhor Bom Jesus leva milhares de fiéis as ruas de Araquari

Milhares de devotos participaram da procissão em honra ao Senhor Bom Jesus, em Araquari, no Norte de Santa Catarina na tarde desta terça-feira (6). Padroeiro da cidade, todo dia 6 de agosto — data em que a Igreja Católica comemora a transfiguração de Jesus Cristo — a imagem de Bom Jesus atrai romeiros movidos pela fé, esperança e agradecimento.

Tradição iniciada ainda no século 19 com a chamada Freguesia do Bom Jesus, a festa reúne famílias inteiras há pelo menos 160 anos, chegando a receber 40 mil fiéis em dez dias de programação. Desta vez não foi diferente, as celebrações iniciadas no dia 28 de julho atingiram seu ápice às 16h30 desta terça-feira, com uma multidão (estimada pela paróquia em sete mil pessoas) tomada por emoção e adoração.

— Essa festa faz parte não apenas de uma tradição da cidade, mas, da Cultura de Araquari. Está enraizada em nossa história e nós temos a alegria de receber esses romeiros — afirmou o secretário de Turismo de Araquari, Paulino Sérgio Travasso.

Segundo o padre Sebastião de Oliveira Silva, pároco do Santuário Senhor Bom Jesus, a data é especial porque representa um momento de contemplação desses fiéis, alguns deles participantes assíduos ao longo de mais de quatro décadas.

— É fé, é devoção, é configuração. Para o povo de Araquari ele é o padroeiro e a cidade praticamente se desenvolveu em torno do Santuário Bom Jesus ao longo de 166 anos de história. Por isso, todo ano essa tradição se renova e passa de pais para filhos e atrai tanta gente. O povo vem para agradecer e pedir graças, porque se identifica com o Jesus sofredor — explicou o padre momentos antes de celebrar a missa no dia de Bom Jesus.

Momento para pedir e agradecer

Diego e Juliana levam o filho João Vitor para agradecer por graça alcançada
Diego e Juliana levam o filho João Vitor para agradecer por graça alcançada
(Foto: )

A espera para ver a imagem do padroeiro já era forte nos momentos que antecediam o horário da missa, iniciada por volta das 15 horas. Uma multidão de fiéis se aglomerava dentro e fora do Santuário Senhor Bom Jesus e na praça central, alguns com vestes que remetiam ao Bom Jesus, outros de pés descalços ou com rosário nas mãos.

Assim que a escultura de Bom Jesus apareceu do lado de fora da igreja, envolta por uma coroa de flores e guiada por missionários, sua passagem foi celebrada com aplausos, registros fotográficos e oração. Do alto da Igreja eram lançadas pétalas de rosas vermelhas e papéis picados.

Início da procissão de Senhor Bom Jesus em Araquari
Início da procissão de Senhor Bom Jesus em Araquari
(Foto: )

Com a rua repleta de gente, o cortejo seguiu entoando cânticos e orações. Muitos deixaram seus afazeres em outras cidades para ir a Araquari para agradecer. Diego Alex e Juliana Ferreira moram em Joinville, mas fizeram questão de ir até o Santuário agradecer ao Bom Jesus pela vida do filho deles, João Vitor Wanzuitta Marques, de três anos. O menino esteve internado com Bronquiolite na UTI do Hospital Infantil de Joinville por dez dias, em maio deste ano. A mãe suplicou ao Bom Jesus da qual é devota e teve a graça alcançada.

— Pedi a intercessão do Senhor Bom Jesus e prometi que se ele conseguisse sair da UTI e não voltasse mais para lá eu traria o João vestido de anjo na procissão para homenageá-lo. Hoje estamos aqui, com a família unida e essa graça alcançada — celebra Juliana, com o filho no colo.

A demonstração de fé também rompe as barreiras da idade. Aos 94 anos, Diva Maria Ferreira viajou com a filha, Linda Diva Gomes, 69, de Joinville para Araquari para agradecer as conquistas e também pedir mais uma ajuda ao santo da qual são devotas.

— Esse amor por Senhor Bom Jesus foi ensinado pelo pai e a mãe, que sempre incentivaram para que eu e meus irmãos rezássemos e faço isso até hoje junto dela. Estamos aqui mais para agradecer, mas também para pedir uma nova graça pela minha cunhada que está bem doente. E tenho certeza de que o Bom Jesus vai abençoar — afirma Linda sobre a importância da data para a família.

Confira mais notícias de Joinville e Região

Deixe seu comentário:

publicidade