nsc

Alerta aos consumidores

Procon de São José lista itens proibidos para compra do material escolar

Órgão também dá orientações sobre as matrículas em escolas privadas do município

21/12/2019 - 19h35

Compartilhe

Por Redação CBN Diário
Consumidores precisam ficar atentos à diferença de preços de itens nas lojas
Consumidores precisam ficar atentos à diferença de preços de itens nas lojas
(Foto: )

O consumidor deve ficar atento a exigências indevidas na compra do material escolar. O Procon de São José elaborou uma lista de 60 itens proibidos de serem solicitados pelas instituições de ensino do município — alguns são produtos considerados de uso coletivo como água mineral, copos e talheres descartáveis, papel higiênico, material de escritório e de limpeza.

Além da pesquisa de preços devido à diferença de valor cobrado por um item entre as lojas, o Procon josefense orienta que, nas matrículas da rede privada, é preciso verificar as cláusulas do contrato e possíveis reajustes das mensalidades. Algumas práticas podem ser consideradas cobranças abusivas.

— Apresentamos também informações sobre desistência, doenças crônicas e cuidados especiais, reserva de vagas, inadimplências, forma de pagamento, entre outras explicações. Seria interessante que as pessoas busquem essas dicas — destaca Fabrício Vieira, diretor do Procon de São José.

Confira as informações sobre compra de material escolar no site da Prefeitura de São José

Em caso de dúvidas, o consumidor pode ir até a sede do Procon, na Avenida Acioni Souza Filho, piso térreo da Prefeitura de São José, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. O atendimento também pode ser feito pelo telefone 3288-4393.

Ouça as informações:

Leia as últimas notícias no NSC Total

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Economia

Colunistas