nsc
    an

    Racismo é crime

    Professor de Joinville é alvo de ofensas raciais durante transmissão online

    Evento foi invadido por hackers que xingaram o professor de “macaco” e exibiram vídeos pornográficos

    29/08/2020 - 14h33

    Compartilhe

    Lucas
    Por Lucas Paraizo

    Um professor de Joinville foi alvo de ofensas raciais durante uma transmissão online. O evento era um seminário educacional organizado pela Associação Empresarial de Joinville (Acij), que reunia professores e estudantes universitários. Durante a apresentação do professor Jonathan Prateat, a transmissão foi invadida por hackers que silenciaram o microfone do professor e iniciaram uma série de xingamentos.

    Jonathan foi chamado de “macaco” e outras ofensas raciais, e na sequência os invasores exibiram vídeos pornográficos até a transmissão ser cortada.

    A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso, mas os autores do ataque ainda não foram identificados. As imagens da transmissão estão com a polícia.

    - Esperamos que cada vez mais as pessoas, a partir da educação, a partir do respeito, passem a entender a importância da história do negro nesse país, e a valorizar a diversidade. Esperamos também que essas pessoas sejam punidas, e que esses casos não voltem mais a ocorrer - disse o professor em entrevista à NSC TV.

    Através de nota, o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Joinville disse que “é inadmissível que discursos de ódio como esse ainda aconteçam”. A Acij informou que está colaborando com as investigações e que repudia de forma total as ofensas de caráter racial.

    Leia também

    Apenas 23% dos joinvilenses com sintomas de Covid-19 deixaram de ir ao trabalho

    Proposta prevê R$ 16,8 milhões de ajuda federal para ônibus em Joinville

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas