nsc
    nsc

    Sebrae Acelera Negócios

    Internacionalização para pequenas empresas é caminho para o sucesso 

    Parceria entre o Sebrae/SC e outras entidades foca em ações para estimular pequenas empresas catarinenses a crescerem além das fronteiras do país  

    29/11/2020 - 09h04 - Atualizada em: 21/01/2021 - 16h36

    Compartilhe

    Estúdio
    Por Estúdio NSC
    Programa Go To Market promove atuação a internacionalização de pequenas empresas de SC
    Equipe iopont procurou o Sebrae para começar processo de internacionalização
    (Foto: )

    Com pouco mais de um ano de existência, a Gerência de Internacionalização do Sebrae/SC vem propondo ações efetivas para ampliar a área de atuação de micro e pequenas empresas de Santa Catarina que desejam realizar negócios fora do Brasil. Por meio de conhecimento conquistado em cursos e programas de acompanhamento oferecidos pelo Sebrae, como o Go To Market, os empreendedores têm mais segurança ao realizar esse importante passo.

    Tem sido assim com Beatriz Veleirinho, sócia-fundadora da NanoScoping Soluções em Nanotecnologia, de Florianópolis. Com o apoio do Sebrae/SC, a empresa, que tem apenas três anos e começou atendendo exclusivamente ao mercado de pets, aumentou seu portfólio e passou a fabricar atuar na área cosmética e na área agrícola, com a linha Nano Agro. Mesmo durante a crise causada pelo novo coronavírus, Beatriz e sua sócia, Letícia Mazzarino, não pararam de crescer: até o fim do ano, a empresa deve lançar a Linha Nutrição, com ativos nanoencapsulados para uso humano e animal.

    O desejo de crescimento foi o impulso que levou as empresárias a buscarem o Programa Go To Market do Sebrae.

    – Ampliar a atuação da NanoSocoping para além do país é algo muito importante para nós, pois é na América do Norte e na Europa que estão os maiores mercados para as áreas em que atuamos e, além disso, esse processo faz parte das metas de crescimento da empresa. Participar do programa contribuiu para abrir um pouco mais a nossa visão no que diz respeito a estratégias, procedimentos, obrigações, riscos e dificuldades inerentes ao processo de internacionalização de uma empresa e contribuiu para melhorarmos e adequarmos nossa estratégia – explica Beatriz.

    Em menos de um ano participando do Programa, a NanoScoping foi selecionada no programa Brasil-London, uma parceria da ANPROTEC, Embaixada Brasil-Londres, Imperial College e Apex Brasil, e também está em contato com possível parceiro para distribuição na América Latina.

    Beatriz Veleirinho_ NanoScoping
    Beatriz Veleirinho, da NanoScoping
    (Foto: )

    – Em médio prazo, devemos atingir a América do Norte, seja com clientes parceiros ou distribuidores – planeja a empresária.

    Primeiros passos para internacionalização

    Saber como começar a explorar o mercado estrangeiro também foi o motivo pelo qual Jungles Wegher, CEO e fundador da iopoint, startup de São Miguel do Oeste, especialista em ponto eletrônico, procurou o Sebrae.

    – Em menos de um ano de atuação, percebemos que nossa empresa tem capacidade para exportar tecnologia e serviços e que só depende de nós, uma pequena empresa do interior de SC poder levar nosso produto para o mundo – conta Wegher.

    Há muitos incentivos públicos para que pequenas empresas comecem a importar seus produtos ou serviços, conta o CEO. A relação custo-benefício do Go To Market é mais um atrativo do Programa.

    – É fantástico poder conhecer um mundo de possibilidades com um baixíssimo investimento! Hoje, podemos verificar uma melhora significativa nas estratégias internacionalização da empresa. Nosso planejamento estratégico já inclui um mercado internacional para 2021, coisa que antes do Programa nem pensaríamos em analisar, muito menos em colocar no planejamento estratégico do ano seguinte.

    A iopoint já deu os primeiros passos para iniciar as operações de exportação ainda no primeiro semestre do próximo ano.

    – Iniciamos o credenciamento na APEX, que é órgão responsável a promover as empresas Brasileiras junto ao Ministério de Relações Exteriores – explica o fundador da iopoint.

    Através do programa que conhecemos no curso, chamado PEIEX, fizemos o contato e estamos realizando uma capacitação para aprender a utilizar as estruturas das embaixadas e do governo brasileiro para entender melhor os países com os quais pretendemos comercializar, ampliando conhecimentos de mercado, cultura e consumo desses lugares, relata Jungles Wegher.

    Empresas que já trabalham com mercados estrangeiros se beneficiam do GoTo Market

    A Mercantile Import, de Brusque, entrou no mercado internacional em 2009, com a importação de peças para motocicletas. Contando com um ótimo relacionamento no mercado chinês, o empresário Fabrício Zen rapidamente obteve uma importante rede de contatos em diversas regiões daquele país, e as visitas frequentes ao gigante asiático fizeram com que a Mercantile Import passasse a oferecer produtos de diversos segmentos, como tecnologia, aço, eletroeletrônicos, instrumentos musicais, bicicletas elétricas e motopeças.

    Mesmo acostumado a lidar com o mercado da China, onde mantém um suporte para desenvolvimento de novos produtos e fornecedores, Fabrício Zen encontrou no Programa do Sebrae/SC uma maneira de desenvolver novas estratégias.

    – A busca pelo aperfeiçoamento deve ser contínua, principalmente quando falamos em internacionalização. E o programa Go To Market iniciou em um momento decisivo (em 2020), devido a todas as mudanças que estamos atravessando, desde novos hábitos de consumo, meios de relacionamento com o mercado, novos produtos, e a forma de lidar com as tecnologias. A pandemia acelerou a inserção digital no o cotidiano das pessoas – conta Fabrício.

    A atuação fora do Brasil fez com que nossos negócios amadurecessem mais cedo, e nos tornamos mais competitivos para enfrentar os desafios globais, explica o empresário.

    Os encontros promovidos pelo Go To Market foram planejados para que os empreendedores possam conhecer novas metodologia de trabalho e os desafios do mercado pós-pandemia, por meio de cases e de exposições de especialistas.

    – Mesmo recente, a participação no Go To Market já me fez tomar decisões com análise mais cuidadosa, pensado com um olhar estratégico, e, assim, tenho criado um ambiente mais inovador, garante Fabrício Zen.

    Sobre o programa

    O Go To Market é uma ação do SC+Global, do Sebrae/SC, em parceria com o Intercomp, da FIESC, e tem como objetivo fortalecer a corrente internacional, de importação ou de exportação, desenvolvendo a competitividade das micro e pequenas empresas catarinenses de maneira sustentável, aumentando a rentabilidade.

    O primeiro ciclo do Programa Go To Market teve início em junho de 2020 e vai até junho de 2021) e, em função da pandemia, está sendo realizado totalmente em meio digital. São 30 encontros que visam aumentar a maturidade das empresas e propor melhorias nos processos.

    – O foco principal é mostrar aos empresários que a internacionalização é importante para alcançar novos mercados, aumentar a corrente internacional e desenvolver novas oportunidades, melhorando a competitividade tanto no mercado nacional como internacional. O que buscamos com o Programa é trazer conteúdos pertinentes e relevantes para que os empresários possam entender e desmistificar a temática, prepararem-se para atuar em novos ambientes, conhecendo as necessidades, as exigências e as normas aplicadas ao comércio internacional – afirma Filipe Gallotti, gerente de internacionalização do Sebrae/SC.

    A internacionalização é um processo importante para todas as empresas, uma oportunidades para conquistar mais e novos mercados, para melhor se posicionar diante dos concorrentes e aumentar a competitividade. Para o próximo ciclo do Go To Market, o Sebrae/SC já está preparando novos encontros, com palestrantes diferentes, outros temas e parcerias.

    As inscrições para o ciclo 2021 já estão abertas e podem ser feitas pelo e-mail internacionalizacao@sc.sebrae.com.br.

    Saiba mais sobre as possibilidades que o Sebrae oferece para quem quer impulsionar negócios.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Especiais Publicitários

    Colunistas